Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Lactente de 7 meses de idade, com bom estado nutricional e alimentado ao seio, subitamente apresentou crises de choro identificadas como cólicas abdominais. No intervalo das crises, passava bem, chegando a brincar e sorrir. Com o passar do tempo, as crises foram-se amiudando e observou-se a eliminação de fezes mucossanguinolentas. Ao exame: afebril, massa palpável ao nível hipocôndrio direito; o toque retal deu saída a fezes tipo “geleia de morango”. Qual o provável diagnóstico?

A
Estenose hipertrófica do piloro.
B
Amebíase intestinal.
C
Balantidíase.
D
Invaginação intestinal.
E
Colite ulcerativa.
Um recém-nascido (RN) a termo (Idade Gestacional = 37 semanas), nascido de parto cesárea, Apgar 8 (1o min) e 9 (5o min) inicia logo após o nascimento com taquipneia (FR=80 rpm) e gemência. O RX de tórax mostra hiperinsuflação pulmonar, infiltrado peri-hilar simétrico e presença de líquido nas cisuras interlobares (cisurite). O RN recebe oxigenioterapia e apresenta resolução clínica do quadro em três dias. O diagnóstico provável é:
Não é uma indicação ao uso da videolaparoscopia no trauma abdominal:
Segundo dados do Ministério da Saúde, a prevalência de tuberculose no Brasil é de 58 casos por 100.000 habitantes, com aproximadamente 50 milhões de infectados e 6.000 óbitos ocorrendo anualmente. Com relação a essa doença, julgue o item que se segue. No Brasil, em pacientes com tuberculose pós-primária, é comum o achado radiológico de massas no interior do parênquima pulmonar, com porção central necrosada - as chamadas cavitações, frequentemente vista nos segmentos apicais posteriores dos lobos superiores ou nos segmentos superiores dos lobos inferiores.
Considere que um paciente com dor na fossa ilíaca direita há 12 horas, associada a febre e vômitos, tenha o diagnóstico clínico de apendicite e deva ser submetido a tratamento cirúrgico. Diante desse quadro clínico, julgue o próximo item. A artéria que nutre o apêndice é ramo da artéria cólica média.
Compartilhar