Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Lactente de 8 meses de idade, sexo masculino, é levado inconsciente ao serviço de pronto atendimento próximo da residência, após episódio compatível com quadro convulsivo. A mãe refere que a criança estava sentada no chão da sala e que, brincando com a irmã de 2 anos, caiu de costas batendo a cabeça. Na avaliação médica encontrou-se no fundo de olho hemorragia retiniana bilateral. A principal hipótese diagnóstica é:

A
intoxicação exógena.
B
coagulopatia adquirida.
C
deficiência de piridoxina.
D
síndrome do bebê sacudido.
E
ruptura de aneurisma cerebral.
As variáveis consideradas para direcionar e indicar manobras de reanimação de RN na sala de parto são:
Adolescente do sexo masculino apresenta dor no quadril D e anormalidade na marcha há uma semana. Nega qualquer outro sinal ou sintoma. Deslizamento da Epífise da Cabeça do Fêmur (DECF) foi a hipótese diagnóstica sugerida pelo pediatra. Em relação ao DECF, é CORRETO afirmar que:
Paciente procura atendimento com queixas sugestivas de anemia. Eritrograma mostra Hb = 6,0 e VCM = 121. Com base nestes dados, qual das hipóteses abaixo deve ser excluída do diagnóstico diferencial?
Em relação ao uso de substâncias psicoativas, qual a alternativa correta?
Compartilhar