Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Lactente de nove meses é levado à Unidade Básica de Saúde devido a um quadro de vômitos que se iniciou no dia anterior e de diarreia com seis evacuações líquidas hoje, juntamente com febre e inapetência no mesmo período. A mãe nega muco ou sangue nas fezes e refere que seu filho também está “gripado”. O médico ao consultar a Caderneta da Criança observa que somente foram realizadas as vacinas do primeiro mês, conforme a recomendação do Programa Nacional de Imunizações do Ministério de Saúde (PNI/MS). No exame físico, o paciente encontra-se pálido, irritado, com sede, mucosas secas, olhos fundos, pulsos finos e elasticidade da pele diminuída, abdômen levemente distendido com ruídos hidroaéreos hipercinéticos, sem dor ou organomegalias à palpação enquanto que, o restante do exame, não mostra outras alterações. Baseado nessas informações, qual o provável agente etiológico do quadro acima e qual a conduta, de acordo com o Ministério da Saúde?

A
Rotavírus - Iniciar, na Unidade Básica de Sáude, terapia de reidratação oral, reavaliando periodicamente.
B
Rotavírus - Encaminhar para internação hospitalar para hidratação venosa e realização de exames complementares.
C
Shigella sp. - Aplicar uma dose de antiemético parental e iniciar, após 30 minutos, a terapia de reidratação oral na Unidade.
D
Shingella sp. - Liberar para casa com recomendação de aumento da ingestão hídrica e administração de soro caseiro após cada evacuação.
E
Saimonella sp. - Liberar para casa com prescrição de terapia de reidratação oral e orientação para retorno imediato em caso de piora.
São drogas utilizadas para o tratamento de resgate da asma aguda na criança, exceto:
Com relação à influência do aleitamento materno na obesidade e sobrepeso na idade adulta, é INCORRETO afirmar que:
Rn do sexo masculino, com 32 semanas, apgar 7/8 nascido de parto cesáreo, de mãe com doença hipertensiva crônica, está internado na UTI em CPAP nasal, há 6 dias. Começou a apresentar letargia, instabilidade térmica, hipoperfusão periférica e distensão abdominal. Já estava sendo alimentado por sonda orogástrica, com fórmula para prematuro. O Rx de abdome demonstrou edema de parede intestinal e pneumatose intestinal. A hipótese mais provável é:
Um paciente com eritema cutâneo desenvolveu artrite progressiva, principalmente, de falanges distais. Qual dos seguintes é o diagnóstico mais provável?
Compartilhar