Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Laura,18 anos, teve desenvolvimento normal das mamas e pêlos, mas não teve a menarca. Qual é o diagnóstico mais provável?

A
Síndrome de Mayer - Rokitanski - Kuster - Hauser
B
Síndrome de Morris
C
Disgenesia gonádica pura
D
Disgenesia gonadossomática
E
Prolactinoma
Criança de 10 anos, sexo feminino, procura atendimento na UPA apresentando quadro de epistaxe moderada. História de 4 episódios nos últimos dois meses. Exame físico: Corada, sem sinais de fenômenos hemorrágicos em outros locais. Ao exame local irritação apresenta irritação da região anterior do septo nasal com pontos de sangramento visíveis. A conduta inicial a ser instituída deve ser:
Todos os itens a seguir são requícios do sistema vascular hialoideo EXCETO:
Paciente do sexo masculino, de 64 anos de idade, relata 2 anos de evolução de dor distal em membros inferiores, desencadeada aos esforços. A dor inicia após 300 metros de deambulação no plano e alivia ao repouso. História de hipertensão arterial em uso de propranolol e dislipidemia em uso de rosuvastatina. Ao exame apresenta cianose distal de membros inferiores e pulsos pediosos e poplíteos reduzidos. Em relação ao caso é correto afirmar que:
Um paciente do sexo masculino de 68 anos procurou o ambulatório de cirurgia vascular com queixa de claudicação intermitente em membro inferior direito ao deambular aproximadamente 250 metros. Como antecedentes o paciente apresentava hipertensão arterial sistêmica controlada com duas classes de anti-hipertensivos, tabagismo de 1 maço/dia por 40 anos e negava diabetes mellitus. Ao exame físico vascular: membro inferior esquerdo: pulso femoral 2+/4; pulso poplíteo; tibial posterior e pedioso não palpáveis; membro inferior direito: pulsos femoral; poplíteo; tibial posterior e pedioso não palpáveis; boa perfusão de ambos os membros e sem gradiente térmico. Segundo a classificação de Fontaine da doença aterosclerótica obstrutiva periférica, qual o estágio da doença e qual é o tratamento.
Compartilhar