Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Gastroenterologia

Hepatologia

Leia o caso clínico a seguir. Um paciente do sexo masculino de 45 anos, com antecedentes de alcoolismo e diagnóstico prévio de cirrose hepática, é internado na enfermaria com história de aumento progressivo do volume abdominal nos últimos 60 dias e edema de membros inferiores. Há três dias, passou a apresentar sonolência e dislalia. Ao exame físico, paciente apresentava-se sonolento, ictérico (++/4+), aranhas vasculares no tronco, hipotrofia muscular em mmss, ginecomastia, presença de flapping, abdome globoso, com sinal do piparote presente, edema de mmii (2+/4+). Exames laboratoriais revelaram: hemograma: Hem - 3,5 x 10 (elevado a 6), Hto: 34%, Hgb: 10,6 g/dl; leucócitos: 3000/mm3 (2-60-03-35-03-02), plaquetas: 80.000/ml; albumina sérica de 2,6 g/dl; sódio sérico de 129 mEq/l; creatinina sérica de 1,5 mg/dl; bilirrubina total de 4,5 mg/dl; atividade de prototrombina de 30% (> 6 seg acima do controle). Conforme a classificação de Child-Turcotte-Pugh, esse paciente pode ser considerado como Child:

A
A, 5 pontos.
B
B, 9 pontos.
C
C, 14 pontos.
D
B, 11 pontos.
Em relação a mionecrose Clostridial, marque a alternativa CORRETA:
É característica do abscesso hepático piogênico:
Paciente de 60 anos, diabético, hipertenso apresentando quadro súbito de afasia motora e hemiplegia direita há cerca de 6 horas. Pode-se afirmar que:
Paciente cirrótico Child C vem ao PS com queixa de queda do estado geral, dor abdominal e dispneia progressiva. Ao exame apresenta-se emagrecido, descorado +/4+, pulmões com murmúrio vesicular diminuídos em bases sem RA e com ascite volumosa. Foi realizada paracentese de alívio na sala de emergência com saída de líquido amarelado. O exame do líquido ascítico teve o seguinte resultado: Aspecto = claro; cor = amarela; ph = 6,9; 50 mil hemácias/mm³; Leucometria: 600 leucócitos/mm³ com 90% de polimorfonucleares. Com base neste quadro, seu diagnóstico e conduta serão:
Compartilhar