Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Gastroenterologia

Hepatologia

Leia o caso clínico a seguir. Um paciente do sexo masculino de 45 anos, com antecedentes de alcoolismo e diagnóstico prévio de cirrose hepática, é internado na enfermaria com história de aumento progressivo do volume abdominal nos últimos 60 dias e edema de membros inferiores. Há três dias, passou a apresentar sonolência e dislalia. Ao exame físico, paciente apresentava-se sonolento, ictérico (++/4+), aranhas vasculares no tronco, hipotrofia muscular em mmss, ginecomastia, presença de flapping, abdome globoso, com sinal do piparote presente, edema de mmii (2+/4+). Exames laboratoriais revelaram: hemograma: Hem - 3,5 x 10 (elevado a 6), Hto: 34%, Hgb: 10,6 g/dl; leucócitos: 3000/mm3 (2-60-03-35-03-02), plaquetas: 80.000/ml; albumina sérica de 2,6 g/dl; sódio sérico de 129 mEq/l; creatinina sérica de 1,5 mg/dl; bilirrubina total de 4,5 mg/dl; atividade de prototrombina de 30% (> 6 seg acima do controle). Conforme a classificação de Child-Turcotte-Pugh, esse paciente pode ser considerado como Child:

A
A, 5 pontos.
B
B, 9 pontos.
C
C, 14 pontos.
D
B, 11 pontos.
A respeito do desenvolvimento neuropsicomotor da criança normal, no primeiro ano de vida, são corretas as afirmações abaixo, EXCETO:
Lactente de 10 meses iniciou quadro de diarreia aquosa sem sangue, muco ou pus há 4 dias, sem vômitos ou febre. Nas últimas 24 horas apresentou piora clínica com quadro de choro intenso. Há 4 horas cursou com irritabilidade, vômitos recorrentes, distensão abdominal importante, eliminação de fezes pastosas, em pequena quantidade, associado à presença de muco e sangue vivo. Qual é o diagnóstico mais provável?
Todos os fatores de risco abaixo associam-se à displasia do desenvolvimento do quadril, EXCETO:
No que se refere à litíase urinária, associe as situações clínicas aos respectivos tratamentos. Ressalta-se que os pacientes se encontram em bom estado geral, sem evidência de infecção e com controle adequado da dor. 1- Cálculo de 4 mm em ureter abaixo dos vasos ilíacos; 2- Cálculo de 10 mm em ureter acima dos vasos ilíacos, na altura de L4-L5; 3- Cálculo de 10 mm em pelve renal; 4- Cálculo de 20 mm em polo inferior do rim; 5- Cálculo coraliforme ocupando todas as cavidades renais. ( ) Uso de alfabloqueador; ( ) Ureteroscopia; ( ) Litotripsia extracorpórea. A sequência numérica CORRETA é:
Compartilhar