Questões na prática

Dermatologia

Lesão comum em adolescentes, atinge região inguinal, face medial das coxas com pouco acometimento da bolsa escrotal (pois a região é pobre em queratina), pode se estender ao períneo e o produto é queixa constante. Qual o diagnóstico provável?

A
Ptiríase versicolor.
B
Candidíase.
C
Dermatofitose.
D
Celulite.
E
Nenhuma das respostas.
No evento de crise convulsiva, por efeito tóxico dos anestésicos locais, o tratamento principal é a administração de:
Peri, 35 anos, é atendido pelo GSE em via pública, após acidente automobilístico. Está alcoolizado, apresenta trauma torácico, com desconforto respiratório e hipotensão (PA 90/60 mmHg), que responde a infusão de cristaloides; FC 100 bpm, FR 28 irpm. Submetido a cateterismo vesical que dá saída a 50 ml de urina sanguinolenta, à ultrassonografia abdominal que revela moderada quantidade de líquido livre na cavidade peritoneal; à radiografia de tórax com hipotransparência difusa em hemitórax esquerdo. Ao ser transportado para o Serviço de Radiodiagnóstico, Peri apresenta novo quadro de hipotensão. O lavado peritoneal é positivo para sangue. Submetido à laparotomia exploradora, observa-se presença de laceração esplênica linear em polo inferior do baço, medindo cerca de 4 cm de extensão e aproximadamente 4 cm de profundidade. A conduta é:
Escolar, 7 anos, foi internado por pneumonia extensa em uso de penicilina cristalina 100.000 U/Kg/dia via intravenosa há 2 dias. Mantém febre alta. Apresentou piora do desconforto respiratório há um dia. Radiografia de admissão com grande velamento acometendo metade inferior do hemitórax direito. Radiografia de hoje com velamento total do mesmo hemitórax. A conduta adequada é:
Paciente com 9 meses de idade, sexo feminino, comparece para consulta de rotina no ambulatório de puericultura. A família nega queixas e relata que a criança é muito ativa e esperta, observando preferência para segurar brinquedos com a mão esquerda, por ser “canhota”. Ao exame físico a paciente firma a cabeça, rola, senta sem apoio, ainda não engatinha, fica em pé com apoio e troca passos com apoio. A resposta obtida ao se testar o reflexo cutâneo plantar é de extensão dos dedos bilateral. Baseado nesses dados você conclui que:
Compartilhar