Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Neurologia

Dermatologia

LHSV, 31 anos, masculino, pardo. Queixava-se a um mês de edema progressivo nos membros inferiores, associado à dor e limitação funcional. Vem fazendo uso de anti-inflamatório e diurético, porém evoluindo com intensificação do quadro álgico e comprometimento também de membros superiores, chegando a ter que retirar a aliança. Procurou Serviço de Urgência, sendo examinado: paciente lúcido, orientado no tempo e no espaço, normocorado e hidratado Tax: 37ºC; PA: 135x85 mmHg, Pulso radial: 92 bpm; Ausculta cardíaca e pulmonar sem alterações; exame do Abdome sem alterações. Infiltração cutânea na face e pavilhões auriculares (E>D); madarose. Edema (2+/4) com discreto eritema nos antebraços; edema/eritema nos dedos das mãos, com dor à palpação e mobilização ativa e passiva, nervos cubitais espessados (D>E), dolorosos à palpação. Edema depressível nas pernas e pés; nódulos e pápulas (de 3 a 1 cm), recobertos por pele normal, nas pernas. Hipoestesia nos antebraços e mãos e anestesia nas pernas. A etiologia do quadro neurológico deve ser:

A
Polineuropatia diabética
B
Neuropatia alcoólica
C
Neurite da Hanseníase
D
Neuropatia amiloide familial
Durante uma colisão automobilística, um homem de 56 anos foi violentamente lançado contra o volante de seu caminhão. Na chegada ao pronto-socorro, ele apresentava sudorese e queixava-se de dor torácica. A pressão arterial era 60/40 mmHg, e a frequência respiratória 40 incursões por minuto. Como causa da hipotensão desse paciente, o achado que diferencia tamponamento cardíaco de pneumotórax hipertensivo é como se encontra:
Um homem de 65 anos, tabagista há trinta anos, mais de 20 cigarros por dia, assintomático, vai ao consultório médico para fazer um check-up. De acordo com a faixa etária desse paciente, as doenças que devem ser pesquisadas são:
Os achados laboratoriais típicos da leishmaniose visceral (calazar) são:
Uma paciente de 40 anos, antecedente de uso de anticoncepcional oral, vem ao hospital com dor no hipocôndrio direito (HD). Uma TC de abdome revela um adenoma hepático de 5 cm no lobo D. O tratamento definitivo para essa lesão é:
Compartilhar