Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Lucas, 7 meses, não está mais sendo amamentado, pois sua mãe Nicole mudou-se para São Paulo, deixando o bebê sob os cuidados da avó. Lucas nasceu de parto normal, com 35 semanas de gestação, pesando 2.300 gramas. Vivem em casa própria (de material aproveitado) no Pirambu (bairro da periferia de Fortaleza), a avó, 2 filhas solteiras, Lucas e mais 3 crianças de 2, 3 e 5 anos. A renda mensal da família são R$ 150,00 reais que uma das filhas recebe como “flanelinha”. O médico de família solicitou o Cartão de Vacinas de Lucas. Quais as vacinas que Lucas já deveria ter recebido, segundo orientações do Ministério da Saúde?

A
BCG; Hepatite B (1° dose), Pólio (2 doses), Tetravalente (2 doses).
B
BCG; Hepatite B (2 doses), Pólio (2 doses) Tríplice viral, Tetravalente (2 doses).
C
BCG; Hepatite B (3 doses), Pólio (3 doses), Tetravalente (3 doses).
D
BCG; Hepatite B (3 doses), Pólio (3 doses), Tríplice viral (3 doses).
Paciente do sexo feminino 45 anos com descoberta de lesão polipóide de vesícula, séssil, com 9 mm de diâmetro, com múltiplos cálculos vesiculares, a melhor conduta é :
O diagnóstico de pré-eclâmpsia deve ser suspeitado quando encontramos hipertensão arterial materna e proteinúria, associados ou não a edema generalizado. Caracteriza pré-eclâmpsia grave quando:
Lactente de 2 meses de idade, encaminhando com relato de crises convulsivas de difícil controle e microcefaleia. Mãe não realizou pré-natal. A tomografia computadorizada do encéfalo em corte axial mostrou calcificações periventiculares e microcefalia. Estas alterações são MAIS compatíveis com infecção congênita por:
Sobre as medicações utilizadas na indução da anestesia, é correto afirmar:
Compartilhar