Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Lúcia (37 anos, G0P0A0) e Renato (36 anos) são casados há 10 anos e desde então vêm tentando ter um filho. O casal revela ter um desejo enorme em ter uma criança e grande frustração pelas várias tentativas sem sucesso. Lúcia nega outras patologias e cirurgias prévias. Com relação à abordagem do casal infértil pelo médico de família, é INCORRETO afirmar que:

A
Todos os casais inférteis devem se submeter a uma triagem inicial para doenças infecciosas, que inclui os seguintes exames: VDRL, anti-HCV, clamídia no soro e anti-HIV.
B
A avaliação específica para infertilidade deve englobar causas femininas e/ou masculinas, sendo que a avaliação feminina engloba causas anatômicas e hormonais.
C
A laparoscopia é considerada padrão ouro na avaliação do fator tubo-peritoneal.
D
A investigação do fator hormonal inicia-se com a solicitação do TSH.
Um paciente de 40 anos de idade vem apresentando confusão mental ocasional, sudorese profusa e palpitações nas últimas oito semanas. Avaliado pelo seu médico que solicitou glicose plasmática de jejum (resultado 45 mg/dl - VN 70 a 99 mg/dl) e peptídeo C (elevado). Em relação a essa situação hipotética, assinale a alternativa que contém o diagnóstico mais provável.
Pré-escolar do sexo masculino, com três anos de idade, foi levado por sua mãe ao posto de saúde com relato de tosse persistente, obstrução nasal e dermatite atópica há dois anos, que pioram com mudança do clima. Relata ainda falta de ar e chiado no peito à noite, semanalmente, que alivia após nebulização com broncodilatador. Segundo a mãe, ele tem tosse e cansaço praticamente todo dia. Refere que a criança já foi internada na UTI duas vezes devido à crise grave de asma. O pai tem asma, a mãe e a irmã rinite alérgica. Ao exame físico, verificou-se estar à criança emagrecida, com discreto aumento da região esternal, obstrução nasal, e presença à ausculta pulmonar de esforço expiratório e discreta sibilância. Com base nessa situação hipotética, assinale a alternativa correta:
Paciente de 34 anos de idade, é atendido com quadro de dor abdominal em cólica localizada no hipocôndrio direito e epigástrio irradiada para dorso associada a náuseas, vômitos e febre de 38,3° C. Ao exame físico, apresenta-se com fácies de dor, levemente taquidispnéica com FC 100 bpm. No exame do abdome, observa-se discreta distensão abdominal, dor a palpação de hipocôndrio direito com sinal de Murphy presente. Qual diagnóstico mais provável desse paciente?
Paciente de sessenta anos de idade, com mãe falecida de câncer de mama, apresenta tumor mamário com descarga papilar serosa espontânea. Qual a melhor orientação para o diagnóstico?
Compartilhar