Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Lúcia (37 anos, G0P0A0) e Renato (36 anos) são casados há 10 anos e desde então vêm tentando ter um filho. O casal revela ter um desejo enorme em ter uma criança e grande frustração pelas várias tentativas sem sucesso. Lúcia nega outras patologias e cirurgias prévias. Com relação à abordagem do casal infértil pelo médico de família, é INCORRETO afirmar que:

A
Todos os casais inférteis devem se submeter a uma triagem inicial para doenças infecciosas, que inclui os seguintes exames: VDRL, anti-HCV, clamídia no soro e anti-HIV.
B
A avaliação específica para infertilidade deve englobar causas femininas e/ou masculinas, sendo que a avaliação feminina engloba causas anatômicas e hormonais.
C
A laparoscopia é considerada padrão ouro na avaliação do fator tubo-peritoneal.
D
A investigação do fator hormonal inicia-se com a solicitação do TSH.
As dores recorrentes nos membros são mais frequentes nos escolares entre 6 a 10 anos de idade, com discreto predomínio nas meninas. Essas dores acometem, principalmente, os membros inferiores e costumam ser não articulares. O diagnóstico mais comum dessas dores é chamado:
Criança de 3 anos de idade, proveniente do norte do Paraná, sexo feminino, que frequenta creche, iniciou há 12 horas febre (Temperatura axilar = 39 °C) e petéquias no pé direito. Foi prontamente levada ao Centro de Saúde mais próximo de sua casa onde recebeu diagnóstico de febre sem foco e foi liberada com sintomáticos. Após 2 horas a mãe percebeu que a menor “falava coisas sem sentido”. Retornou ao mesmo Centro de Saúde. Ao exame apresentava Glasgow = 10, FR = 40 ipm, Saturação de oxigênio em ar ambiente = 88%, retração de fúrcula e sufusões hemorrágicas em membros. Não havia laboratório nesse local. O médico colocou a criança em máscara de oxigênio 6 L/minuto e assim sua saturação atingiu 94%. Fez contato com serviço terciário e encaminhou a menor. Após 2 horas, no hospital, mesmo com as medidas adequadas, a paciente evoluiu para óbito. Quanto à conduta do médico identifique a alternativa correta:
Em relação à febre na criança, é INCORRETO afirmar:
Você está atendendo uma criança de 2 anos que mora numa tribo isolada. A criança foi trazida pela Assistente Social da Fundação Casa do Índio com um quadro de retardo mental, baixa estatura, membros curtos, hipertelorismo, ponte nasal achatada, edema palpebral, macroglossia, presença de apenas 4 dentes, pele seca e descamativa, edema nas mãos. Não é possível obter história neonatal, apenas se sabe que o paciente nasceu a termo pesando 3kg. Este quadro clínico é sugestivo de:
Compartilhar