Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Hematologia

Luís, 5 anos, apresenta história de diarreia crônica intercalada com períodos de constipação, acompanhados de distensão abdominal, dor abdominal crônica e baixa estatura. Foi tratado para anemia ferropriva, sem sucesso por várias vezes. Apresenta, ainda, no exame físico, hipoplasia do esmalte dentário. A hipótese diagnóstica mais provável é:

A
Fibrose cística.
B
Anemia hemolítica.
C
Doença celíaca.
D
Síndrome do intestino irritável.
E
Doença inflamatória intestinal.
Lactente de 10 meses iniciou quadro de diarreia aquosa sem sangue, muco ou pus há 4 dias, sem vômitos ou febre. Nas últimas 24 horas apresentou piora clínica com quadro de choro intenso. Há 4 horas cursou com irritabilidade, vômitos recorrentes, distensão abdominal importante, eliminação de fezes pastosas, em pequena quantidade, associado à presença de muco e sangue vivo. Qual é o diagnóstico mais provável?
Menino de 5 anos frequenta a escola infantil, brinca com outras crianças, veste-se sozinho, expressa ideias próprias e preferências. Ao exame, apresenta IMC no escore Z acima do +3. Em relação ao caso, analise as afirmativas: I. A avaliação pondero-estatural do menino está adequada. II. Os marcos do desenvolvimento são adequados para esta faixa etária. III. O teste de Denver II é uma ferramenta útil para triar globalmente o desenvolvimento desta criança. Está / estão correta (s) a (s) afirmativa (s)
Em relação à Tromboembolia Pulmonar (TEP) e trombose venosa profunda, é INCORRETO afirmar que:
Considere alguns mecanismos que predispõem à insuficiência renal aguda: I. Vasoconstrição. II. Lesão tubular direta. III. Nefrite intersticial aguda. IV. Obstrução intratubular. Contraste radiológico, lise tumoral pós-quimioterapia, aminoglicosídeos e penicilinas relacionam-se, respectivamente, a:
Compartilhar