Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Mãe leva Tiago, de 4 semanas de vida, ao pediatra com relato de que o mesmo vem apresentando vômitos amarelados constantes cada vez mais frequentes e que os últimos vômitos têm apresentado sangramento. Observou diminuição do volume de fezes. Ao exame, criança com baixo peso, desidratada e prostrada. À palpação abdominal, observa-se massa semelhante a uma azeitona no quadrante superior esquerdo. Qual o distúrbio metabólico mais comumente pode ser encontrado nesta situação?

A
Alcalose metabólica hipocalêmica e hiperclorêmica.
B
Acidose metabólica hipercalêmica e hipoclorêmica.
C
Alcalose metabólica hipocalêmica e hipoclorêmica.
D
Acidose metabólica hipocalêmica e hipoclorêmica.
Osteocondroses também denominada osteocondrite juvenil ou osteonecrose asséptica juvenil contitui uma necrose asséptica que afeta principalmente as epífises e as apófises dos ossos em crescimento, decorrente de um suprimento vascular insuficiente. Correlacione as seguintes osteocondroses e assinale a alternativa correta: I. Doença de Köhler. II. Doença de Osgood-Schlatter. III. Doença de Legg-Perthes. IV. Doença de Sever. ( ) Necrose vascular da cabeça e do fêmur. ( ) Apofisite do calcâneo. ( ) Necrose asséptica do tubérculo da tíbia. ( ) Necrose asséptica da escafoide társico.
Homem de 44 anos apresentando sintomas compatíveis com hipoglicemia há cerca de 20 dias. Nega uso de qualquer medicamento. Os exames realizados revelaram: Glicemia de jejum = 38,45 e 48 mg/dl, as insulinemias basais (dosadas juntamente com as mencionadas glicemias) foram de 16,10 e 8 um/ml (N - até 6 ) e a dosagem de Peptídeo - foi de 8,2 ng/ml (N = 0,3 - 3,5). A hipótese diagnóstica mais provável é:
Infecção secundária é uma importante complicação em pacientes queimados que perderam a epiderme e a sepse resultante é responsável por um número significativo de mortes nesses pacientes. Qual a etiologia mais frequente de um quadro de sepse em grande queimado?
Homem de 28 anos é trazido ao PS após queda de aproximadamente 3 metros de altura um dia antes. Notou que sua urina tornou-se mais escura, semelhante a chá. Revela ainda que fez uso de cocaína antes da queda. Apresentava marca na dobra do cotovelo, sugestiva de droga injetável. Ao exame físico, apresentava-se normotenso, euvolêmico, afebril e eupneico. Sua coxa e parte da nádega esquerdas estão empastadas. Os exames colhidos revelam: creatinina = 3,0mg/dL, potássio = 6,0mEq/L, cálcio= 7,5mg/dL, fósforo= 7,5mg/ dL, urina tipo 1= proteína++, hemácias++ e presença de muitos cilindros granulares. O diagnóstico para esse paciente é de insuficiência renal (X) devida à/ao (Y). Qual das abaixo completa melhor as lacunas?
Compartilhar