Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Maria, 35 anos, gesta III/II, II partos normais, foi trazida pelos vizinhos para maternidade apresentando crises convulsivas tônico-clônicas generalizadas. Ao examinar a paciente você verificou pressão arterial de 180x120 mmHg, edema de membros inferiores, fundo uterino de 36 cm, BCF 120 bpm, colo posterior e fechado. Um vizinho informa que a mesma não faz pré-natal e faz uso irregular de medicação anti-hipertensiva. A conduta adequada para Maria, neste momento, é:

A
indicar cesariana.
B
iniciar sulfato de magnésio e hidralazina venosa.
C
fazer diazepan venoso para prorrogar cesariana.
D
iniciar sulfato de magnésio e induzir o parto com ocitocina.
Um garoto de 5 anos de idade se apresenta ao seu pediatra com prurido e dor abdominal. Ele estava bem até 8 dias atrás, quando apresentou um rash cutâneo. Seu abdome iniciou a doer hoje e, portanto, ele foi trazido ao médico. Vacinas em dia, e não toma nenhuma medicação. Ao exame, ele tem um rash cutâneo nas pernas, que consiste em pequenas manchas vermelhas de 1 a 3 mm de tamanho. Seu exame no abdome é inocente, mas a pesquisa de sangue oculto nas fezes é positiva. Ele também apresenta hematúria +/4+. Estes sintomas são relativos ao diagnóstico de:
Na toxoplasmose congênita, uma dessas afirmações não é correta:
Acerca da avaliação e do tratamento de pacientes politraumatizados, julgue o item subsequentes. É necessária a avaliação radiológica de toda a coluna vertebral dos pacientes com fratura da coluna cervical, pois cerca de 10% deles apresentam uma segunda fratura.
Qual é o conteúdo de uma Hérnia de Littré?
Compartilhar