Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Pneumologia

Mariana, 7 anos, atópica, portadora de asma brônquica, faz uso de várias medicações e realizou uma série de exames, porém apenas em uma das opções abaixo observa-se coerência com o quadro. Por favor, marque-a:

A
Seu volume expiratório forçado no primeiro segundo está aumentado.
B
Sua IgA sérica deve ser bastante aumentada.
C
A IgE sérica de Mariana pode estar elevada.
D
Nas crises graves, os anti-histamínicos são as drogas mais utilizadas por Mariana.
Peri, 35 anos, é atendido pelo GSE em via pública, após acidente automobilístico. Está alcoolizado, apresenta trauma torácico, com desconforto respiratório e hipotensão (PA 90/60 mmHg), que responde a infusão de cristaloides; FC 100 bpm, FR 28 irpm. Submetido a cateterismo vesical que dá saída a 50 ml de urina sanguinolenta, à ultrassonografia abdominal que revela moderada quantidade de líquido livre na cavidade peritoneal; à radiografia de tórax com hipotransparência difusa em hemitórax esquerdo. O procedimento a ser realizado no tórax é:
Após realização de cardiotocografia intraparto, médico detecta presença de taquicardia fetal (167 bpm) e desaceleração do tipo cefálico. O exame obstétrico evidencia dilatação cervical de 9 cm com 100% de apagamento, apresentação cefálica no plano +2 de De Lee. A melhor conduta neste caso é:
Na sala de parto, o pediatra deve estar atento para a perda excessiva de calor pelo recém-nascido. A razão mais provável da perda de calor logo após o nascimento é:
Quanto aos critérios clínicos empregados para definição de sepse, relacionados aos achados clínicos e de laboratório, pode-se dizer que:
Compartilhar