Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Dermatologia

Dermatologia

Menina de 6 anos apresenta desde os 2 anos lesões eritemato-descamativas na região das pregas cubitais e poplíteas, com prurido intenso. Apresenta ainda xerose, manchas hipocrômicas na face, fissura infra-lobular e dupla prega palpebral. Acerca desse quadro clínico, é correto afirmar:

A
O diagnóstico é dermatite seborreica.
B
O diagnóstico é psoríase que pode ser confirmado pelo sinal da vela e o sinal de Auspitz nas lesões.
C
O diagnóstico é Tinea corporis que pode ser confirmado com micológico direto e cultura para fungos.
D
O diagnóstico é dermatite de contato e o teste de contato pode determinar o agente desencadeante.
E
O diagnóstico é dermatite atópica que pode estar associada a rinite ou asma.
Paciente aos 65 anos de idade submetido a ressecção gástrica por neoplasia, IMC 40 com dificuldade no pós-operatório de mobilização precoce. Como medida preventiva de complicação grave e frequente, nesses pacientes no pós-operatório imediato, deve-se utilizar:
Uma menina de 1 ano de idade chega ao pronto-socorro, com história de febre, atingindo temperatura máxima de 38,2ºC, há 2 dias. Ao exame físico, apresenta-se em bom estado geral, descorada +, eupneica, acianótica, com boa perfusão periférica. FC de 120/min e FR de 34/min. Não apresenta sinais meníngeos, os pulmões estão livres. Na orofaringe, é observado hipertrofia de amígdalas, com presença de exsudado branco e gânglios cervicais posteriores moderadamente aumentados. A conduta mais adequada é:
O LDL colesterol pode ser mensurado pela fórmula de Friedewald ou diretamente no plasma. Em quais das situações clínicas abaixo a fórmula pode ser aplicada com boa precisão?
Na sala de parto, o pediatra deve estar atento para a perda excessiva de calor pelo recém-nascido. A razão mais provável da perda de calor logo após o nascimento é:
Compartilhar