Questões na prática

Pediatria

Cirurgia

Pediatria Geral

Cirurgia Geral

Menina de 8 meses é levada pela mãe ao posto médico do bairro onde reside, por estar apresentando coriza leve há 2 dias. A mãe nega hipertermia. Examinando o registro de imunizações da paciente, constatou-se que não foram efetuadas a terceira dose da vacina tetravalente e a segunda dose da vacina contra Rotavírus. Qual deve ser a atitude do médico em função desse achado?

A
Encaminhar a menina à sala de vacinações do posto médico para receber somente a 3ª dose da tetravalente, logo após a consulta.
B
Encaminhar a menina para receber as duas vacinas, atualizando sua carteira de imunizações, logo após a consulta.
C
Reagendar a aplicação de ambas as vacinas para 15 dias após.
D
Encaminhar a menina à sala de vacinações para receber somente a 2ª (e última) dose da vacina contra Rotavírus, explicando à mãe que, da tetravalente, serão ainda realizadas mais duas doses, aos 15 meses e entre os 2 e 4 anos de idade.
E
Solicitar que traga a menina para ser imunizada contra o Rotavírus, tão logo esteja sem coriza.
Recém-nascido por parto normal, 41 semanas, líquido meconial fluido, Apgar 2, 5 e 7 no primeiro, quinto e décimo minutos, respectivamente. Com 5 horas de vida apresentou episódios de crises convulsivas clônicas multifocais. Para o tratamento inicial dessa condição, deve-se indicar a seguinte droga:
Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa incorreta:
Assinale a alternativa correta:
Um lutador de artes marciais de 38 anos sofre fratura de ambos os ossos da perna esquerda durante um golpe violento e de alta energia. Ao exame físico ortopédico, observa-se deformidade angular evidente no terço médio da perna esquerda, pulsos distais presentes e não apresenta solução de continuidade na pele. O exame radiográfico evidencia desvio em varo de 10 graus no foco das fraturas e traços transversos diafisários no mesmo nível na tíbia e na fíbula. A melhor conduta terapêutica definitiva neste caso é:
Compartilhar