Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cardiologia

Pneumologia

Doenças Respiratórias

Menino, 4 anos, foi internado no serviço de emergência pediátrica com diagnóstico de pneumonia e empiema pleural. O agente etiológico isolado na hemocultura foi o Streptococcus pneumoniae. No 5º dia de internação, apresentou ao exame físico: FC = 160 bpm; PA = 80 x 50 mmHg (PA sistólica = 60 mmHg durante a inspiração); T = 38,7ºC. Veias jugulares estavam ingurgitadas, as bulhas cardíacas praticamente inaudíveis, o murmúrio vesicular audível bilateralmente, mas diminuído nas bases, presença de estertores crepitantes nas bases, submacicez à percussão das bases. O fígado estava palpável a 6 cm da reborda costal direita, consistência aumentada. As extremidades estavam frias e a perfusão periférica era diminuída. Qual das hipóteses abaixo explica a presença desses dados clínicos?

A
Pneumotórax hipertensivo.
B
Pericardite purulenta com tamponamento cardíaco.
C
Endocardite bacteriana.
D
Miocardite aguda.
E
Mediastinite.
Paciente de 63 anos, sexo feminino, em acompanhamento irregular por diabetes mellitus tipo 2, comparece ao ambulatório de Clínica Médica com queixa de visão dupla e cefaleia iniciadas há alguns dias. Ao exame físico, o olho direito está normal, mas o esquerdo apresenta perda de movimentos com desvio lateral e ptose palpebral; as pupilas estão simétricas e fotorreagentes. Não há outras alterações no exame neurológico. Qual o diagnóstico mais provável para esta paciente?
Sobre as medidas preventivas para infecção em área cirúrgica, assinale o item correto.
As neoplasias benignas do fígado são patologias relativamente comuns na população geral, e que podem ser diagnosticadas por exames modernos de imagem, como TC, RM e USG. Das patologias hepáticas abaixo, qual há indicação de ressecção cirúrgica de princípio?
A síndrome de angústia respiratória aguda (SARA) é causada por lesão pulmonar difusa a partir de muitos distúrbios clínicos e cirúrgicos subjacentes. A SARA é definida por:
Compartilhar