Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Cardiologia

Pneumologia

Doenças Respiratórias

Menino, 4 anos, foi internado no serviço de emergência pediátrica com diagnóstico de pneumonia e empiema pleural. O agente etiológico isolado na hemocultura foi o Streptococcus pneumoniae. No 5º dia de internação, apresentou ao exame físico: FC = 160 bpm; PA = 80 x 50 mmHg (PA sistólica = 60 mmHg durante a inspiração); T = 38,7ºC. Veias jugulares estavam ingurgitadas, as bulhas cardíacas praticamente inaudíveis, o murmúrio vesicular audível bilateralmente, mas diminuído nas bases, presença de estertores crepitantes nas bases, submacicez à percussão das bases. O fígado estava palpável a 6 cm da reborda costal direita, consistência aumentada. As extremidades estavam frias e a perfusão periférica era diminuída. Qual das hipóteses abaixo explica a presença desses dados clínicos?

A
Pneumotórax hipertensivo.
B
Pericardite purulenta com tamponamento cardíaco.
C
Endocardite bacteriana.
D
Miocardite aguda.
E
Mediastinite.
A Terapia Hormonal (TH) é, nos últimos anos, debatida em relação aos seus benefícios, mas também quanto aos riscos e contraindicações. Assinale a alternativa em que os 3 itens, independentemente de prós e contras, estão relacionados à TH.
Com relação ao tratamento cirúrgico da doença ulcerosa péptica, a conduta que oferece menos recidiva é:
A Flegmasia cerúlea dolens:
Assinale a opção incorreta no que se refere à hemoglobinúria paroxística noturna (HPN):
Compartilhar