Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Neurologia

Nefrologia

Pediatria Geral

Menino de 12 anos de idade é admitido no setor de emergência com traumatismo crânio encefálico após queda da laje de +/- 2 metros de altura, quando estava soltando pipa. Ele apresentava vários hematomas pelo corpo, porém nenhuma outra fratura. Raios-X de tórax e exame de urina normais. Foi encaminhado à sala de observação e iniciado terapia apropriada. Com 12 horas de evolução a criança apresentava os seguintes resultados laboratoriais: Na+ = 127 mmol/L; K = 4,9 mmol/L; Cl = 97 mmol/L; HCO3 = 22 mEq/L; Uréia = 9 mg/dL; Creatinina = 0,4mg/dL. A hiponatremia observada neste caso provavelmente é o resultado de:

A
Intoxicação hídrica;
B
Secreção inapropriada do Hormônio Antidiurético;
C
Diabetes Insipidus;
D
Inadequada reposição de sódio.
Lactente de 18 meses de idade em tratamento de otite média aguda bilateral há 5 dias, retorna à consulta médica por apresentar persistência da febre. Ao exame: apática, com erupções maculopapular no tronco, escleras hiperemiadas e lábios secos com fissuras. As palmas das mãos e as polpas dos dedos estão endurecidas e eritematosas. Hemograma: Hb = 9,5 g/dl, Ht = 31 ml eritrócitos/dl, VCM = 76 fl, HCM = 30 pg, leucócitos = 15.000 (7B/65S/0E/1B/23L/0M), plaquetas = 645.000/mm³ e Velocidade de Hemossedimentação = 65 mm. O diagnóstico mais provável é:
Uma mulher de 19 anos chega à emergência com história de náusea, vômitos e dor abdominal com 4 dias de duração. Os seus exames laboratoriais são os seguintes: Na+ 145; K+ 5,0; Cl- 105; HCO3- 15; Ureia 37; Creatinina 1,6; Glicose 620; Cetonúria 4+. Qual o melhor tratamento inicial para o distúrbio ácido-base deste paciente?
No tratamento cirúrgico do íleo biliar, a enterotomia para retirada do cálculo biliar que está causando a obstrução intestinal deve ser realizada:
É considerada Febre Puerperal:
Compartilhar