Questões na prática

Clínica Médica

Pediatria

Nefrologia

Menino de 4 anos é levado à Unidade Básica de Saúde e os pais referem que há alguns dias ele tem acordado com edema em volta dos olhos. No decorrer do dia, o edema se acumula nas pernas e períneo. Ao exame físico, encontra-se em anasarca e com pressão arterial dentro da normalidade. O exame de urina revela proteinúria 3+, 5 hemácias/campo, cilindros hialinos e granulosos. A hipótese diagnóstica mais provável é:

A
glomerulonefrite aguda.
B
nefropatia por IgA.
C
síndrome hemolítico-urêmica.
D
infecção do trato urinário.
E
síndrome nefrótica.
Menino de 5 anos de idade dá entrada no pronto-socorro com frequência respiratória de 62 irpm, frequência cardíaca de 128 bpm, agitado, com cianose de extremidades, tiragem intercostal e supraesternal, sibilos audíveis sem estetoscópio e saturação de oxigênio de 82% na oximetria de pulso (em ar ambiente). Nos últimos 12 meses teve uma internação por asma, com necessidade de ventilação invasiva, e três visitas a serviços de emergência por crises de asma recorrentes. Faz uso de corticoide em aerossol diário. Mora em área de invasão, não frequenta escola e a renda familiar mensal é de meio salário mínimo. Considerando os dados apresentados, quantos são os fatores de risco para que esse paciente seja considerado um caso de asma grave, com risco de morte?
Joana procurou atendimento ambulatorial por estar emagrecendo há 3 meses. Durante a anamnese você identifica também dor abdominal na região hipogástrica, alteração no calibre e presença de sangue nas fezes. Joana é alcoolista e tabagista. A colonoscopia realizada identificou tumor maligno no cólon sigmoide. Joana teve indicação cirúrgica. Durante o procedimento de laparotomia foi evidenciado hemoperitôneo com laceração de alças intestinais e necrose. Uma das hipóteses da equipe cirúrgica foi obstrução em alça fechada. Durante o inventário da cavidade abdominal o fígado demonstrou-se nodular, sugestivo de cirrose. A neoplasia maligna hepática de maior risco para Joana é:
O triplo teste diagnóstico utilizado na busca de lesões da mama é composto por:
Homem, 60 anos, com antecedente de infarto agudo do miocárdio procura cardiologista para avaliação pré-anestésica há 8 meses. Recentemente, recebeu diagnóstico de adenocarcinoma prostático e foi indicada prostatectomia. Nega episódio recente de angina ou dispneia aos médios e pequenos esforços e está em uso de diltiazem e aspirina. Exame físico: PA = 120 X 84 mmHg, FC = 82 bpm, ritmo cardíaco regular. Ecocardiograma: fração de ejeção de 0,6. ECG: distúrbio de repolarização ventricular. A CONDUTA É:
Compartilhar