Questões na prática

Pediatria

Cardiopediatria

Milton, 1 mês e 25 dias de idade, apresenta, há 24 horas, leve coriza hialina, tosse discreta, fezes líquidas amareladas (cerca de sete evacuações), febre alta que cede com paracetamol e reaparece algumas horas depois. Hoje teve várias “crises” de choro forte e está “um pouco diferente”. Recebe leite materno e fórmula láctea industrializada desde 28 dias de idade. Exame físico: peso 4.900 g, T.ax 39,1ºC, FC 144 bpm, FR 40 irpm; alterna períodos de choro intenso com apatia, irritável ao manuseio, hipertonia muscular difusa, fontanela plana levemente deprimida, elasticidade cutânea e turgor discretamente reduzidos, ausência de lágrimas, sede exacerbada, pulsos amplos e acelerados, extremidades acianóticas, ausculta cardiopulmonar, abdome e membros inferiores sem alterações. As duas principais hipóteses diagnósticas são:

A
invaginação intestinal/desidratação isotônica
B
meningite/desidratação hipertônica
C
estenose hipertrófica de piloro/desidratação hipertônica
D
fibrose cística/desidratação hipotônica
Criança de 10 meses de idade, previamente hígida, comparece ao pronto-socorro com sinais de febre e coriza há 2 dias. Em exame clínico observa-se taquicardia, dispneia e ao RX de tórax apresentou aumento da área cardíaca; área pulmonar normal. A suspeita clínica foi de miocardite. Assinale a alternativa CORRETA quanto aos próximos exames complementares a serem solicitados.
Paciente feminina, 25 anos, apresenta diagnóstico de doença de Crohn há cerca de 1 ano, com uso de mesalazina 2 g/dia. Em qual destas situações abaixo o acompanhamento clínico desta paciente pode ser efetivo e seguro?
Com relação à crise convulsiva febril, podemos afirmar:
Assinale o principal defeito cardiológico congênito associado à síndrome de Down:
Compartilhar