Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

MLS, 50 anos, feminina, foi consultar por quadro de fraqueza, dispneia e por notar sua pele mais amarela há quatro dias. Refere ter apresentado febre com tosse seca há uma semana. Agora se encontra afebril, com melhora da tosse. Ao exame físico, apresenta mucosas hipocoradas, ictéricas, acianóticas, PA = 110/70 mmHg, FC = 120 bpm. Não apresenta adenomegalias nem hepatoesplenomegalia. Ausculta pulmonar e cardíaca sem alterações, exceto taquicardia. Exames Laboratoriais: Hemograma: Hemácias = 2.500.000/mm³, Hb = 8,5g/dl, Hlco = 25%, Leucócitos = 10.000/mm³ (bast = 4%Seg, = 59%eos = 3% linf = 31% mon = 3%) Plaquetas = 210.000 mm³, Bilirrubina direta = 0,4mg/dl, bilirrubina indireta = 3,7mg/dl Coombs direto = positivo. Qual o diagnóstico mais provável e a conduta a ser tomada?

A
Esferocitose; realizar esplenectomia.
B
Anemia falciforme, iniciar hidratação.
C
Anemia hemolítica autoimune, iniciar corticosteroide.
D
Anemia hemolítica microangiopática, realizar plasmaferese.
E
Hemoglobinúria paroxística noturna, encaminhar ao transplante de medula óssea.
Em relação da Laringotraqueobronquite ou laringite aguda (LTB), assinale a alternativa incorreta:
Um paciente de 35 anos de idade apresenta queixa de tonturas e dor precordial relacionada aos grandes esforços. Não fuma, não tem dislipidemia ou diabetes. Seu primo teve morte súbita durante partida de futebol. Ao exame clínico encontra-se normotenso, com coração rítmico e sopro sistólico ejetivo em bordo esternal esquerdo irradiado para foco aórtico, sem sinais de insuficiência cardíaca. O eletrocardiograma revelou sobrecarga ventricular esquerda. A radiografia de tórax demonstrou área cardíaca nos limites normais. Qual das afirmativas abaixo está correta:
Uma geronte de 87 anos com diagnóstico de Doença de Alzheimer é atendida, em domicílio, por seu médico geriatra assistente. Os familiares referem quadro clínico de sonolência diurna excessiva, intercalada com episódios de confusão mental e agitação psicomotora. Ao exame, não apresentava sinais focais, mas tinha dificuldade em focar e manter a atenção ao exame clínico. Os familiares referem que a paciente teve uma piora aguda da cognição e evoluiu em 48 horas para o quadro atual. Vem apresentando urina sanguinolenta e com odor fétido. Avaliando o diagnóstico sindrômico e as opções de diagnósticos etiológicos e condutas adequadas, assinale a alternativa CORRETA.
A fratura de Colles
Compartilhar