Questões na prática

Psiquiatria

Psiquiatria

Muito frequentemente alguns pacientes são rotulados pela equipe de saúde como pacientes problemas. Dentro deste rótulo são englobados um amplo conjunto de problemas psicosociais e físicos que se manifestam como demandas por atenção. Estes casos geram intenso sofrimento aos pacientes e familiares, grande apreensão para os profissionais de saúde e gastos elevados para o sistema de saúde. Estes casos têm sido classificados como Transtornos Somatoformes. Na avaliação e conduta destes casos é INCORRETO afirmar:

A
Frente a um paciente somatizador, o médico deve demonstrar interesse genuíno e investigar os motivos aparentes e ocultos da consulta.
B
Uma vez diagnosticado, os pacientes com transtorno de somatização devem ter alta do ambulatório de clínica médica e serem acompanhados na psiquiatria.
C
Os quadros de conversão comumente surgem após conflitos ou eventos traumáticos, o corpo é usado como forma de expressar um conflito psicossocial.
D
Somatização se caracteriza por queixas somáticas múltiplas, recorrentes e clinicamente significativas onde há uma deteriorização social ou ocupacional que excede o esperado pela avaliação médica.
Paciente masculino 35 anos de idade, vítima de atropelamento.Trazido pelo resgate, deu entrada no serviço de emergência. Encontrava-se agitado, com frequência respiratória de 32 mrp, frequência cardíaca 128 bpm e PA 90/60. Apresentava lacerações múltiplas em hemiface D, couro cabeludo, fratura perna esquerda e escoriações em hemitorax D e abdômen. Após avaliação inicial, e reanimação ABCs, realizou-se FAST (ultrassom na sala de emergência) com resultado positivo. O paciente permaneceu com quadro de instabilidade, ao que o cirurgião indicou laparotomia exploradora. Durante o ato operatório no inventário da cavidade abdominal encontrou-se: laceração hepática (grau III); contusão pancreática (grau I); e lesão intestino delgado (grau II). Todas as lesões foram tratadas adequadamente. Após a intervenção, o paciente foi encaminhado para a unidade de terapia intensiva. Na avaliação do intesivista: registram-se PAM (pressão arterial média) 82; PIA (pressão intra-abdominal) 20; GASOMETRIA (BE -11, PCO2 38, PO2 95, HCO3 21); LACTATO SERICO 3 e Creatinina 1.6. Considerando esse quadro qual é a melhor conduta em relação ao atendimento do paciente?
Caracteriza a presença de artrite:
Em relação à hérnia crural, assinale a alternativa INCORRETA.
No que diz respeito aos divertículos do intestino delgado, julgue o item subsecutivo. O divertículo de Meckel é uma estrutura remanescente do úraco que se oblitera na décima semana de vida intrauterina.
Compartilhar