Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Neurologia

Mulher, 23 anos, com queixa de náusea e vômito 12 horas após ingestão de carne bovina enlatada. Na avaliação, ela refere diplopia e você percebe disartria, rouquidão e midríase. No período de observação na emergência surgem ptose e fraqueza nos membros superiores. Marque o correto sobre o caso em questão.

A
Trata-se de Síndrome de Guillain-Barré em sua forma clássica, com evolução descendente que é típica.
B
Como é uma mulher jovem, a causa mais provável dos sintomas é Miastenia gravis, sobretudo pelo achado midríase.
C
A mais forte hipótese é Botulismo.
D
Devemos procurar parasitas em seu corpo, pois essa é a apresentação típica de Paralisia do Carrapato e a remoção do mesmo é essencial.
E
Envenenamento por Ciguatera é típico após esse tipo de alimentação.
Na urgência, uma fratura da pelve do tipo LIVRO ABERTO, no qual o paciente está hemodinamicamente estável, é correto afirmar:
Paciente, 65 anos, negra, GIV e PIV, menopausa aos 49 anos. Iniciou Terapia de Reposição Hormonal (TRH) por sintomatologia, com Estrogênios + Progesterona (E + P). Após 3 meses apresentou sangramento. A ultrassonografia transvaginal mostrou endométrio de 11 mm. Qual a conduta a seguir?
Casal em seguimento no ambulatório de infertilidade apresenta os seguintes resultados dos exames complementares: ultrassonografia transvaginal sem anormalidades, histerossalpingografia com prova de Cotte positiva, dosagem hormonal da mulher sem anormalidades e espermograma não realizado. Frente ao caso devemos:
Paciente com amenorreia de 12 semanas, apresentando sangramento. Ao exame clínico colo 0/3/0/P/R, a altura de fundo uterino de 15 cm. BCF inaudível. Foi pedido USG obstétrica que revelou imagem de “Flocos de Neve”. Esta imagem é patognomônica de qual patologia?
Compartilhar