Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Mulher, 23 anos de idade, apresenta corte de 5 cm de extensão na região frontal da face, passando pela sobrancelha. A conduta é:

A
suturar a pele com pontos isolados subdérmicos e dérmico-epidérmicos, pois é a forma mais rápida.
B
aplicar na pele sutura contínua subcutânea que, embora forneça cicatriz em escada, é a forma mais econômica.
C
suturar o subcutâneo com fio absorvível se suspeitar de contaminação, após lavá-lo exaustivamente.
D
aplicar, após a tricotomia, sutura com nylon incolor 4-0 no plano subdérmico e nylon 6-0 no dérmico-epidérmico.
Luciana 40 anos de idade em BEG, apresenta quadro de hematúria macroscópica de investigação constata-se ser devido a pequenos brotos tumorais de 0,5 cm cujo anatomopatol ressecção endoscópica mostrou ser um carcinoma papilífero de células transicionais grau I, mucosa vesical. A abordagem para o caso é:
Servílio, de 25 anos, 65 kg, sofreu ação de água fervente de caldeira industrial em cabeça, pescoço, metade superior de cada face do tronco e de cada membro superior há uma hora. As lesões aparentavam profundidades de segundo e terceiro grau. Assinale a alternativa CORRETA:
Todas as alteranativas abaixo mostram vantagens do uso da heparina de baixo peso molecular (HBPM) sobre a heparina padrão fracionada (HNF) na profilaxia do tromboembolismo venoso, EXCETO:
Sr. José, 70 anos, com queixa de síncope, tonturas e confusão mental, procura o médico que ao examiná-lo suspeita de lesão obstrutiva de carótida. Qual é o exame complementar considerado “padrão ouro” para o diagnóstico e planejamento cirúrgico da doença carotídea aterosclerótica?
Compartilhar