Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Mulher, 30 anos de idade, G3P2A0, com 40 semanas de gestação, progrediu no trabalho de parto de 6 cm para 7 cm de dilatação cervical em 2 horas. Ao toque: ODP em plano 0 de DeLee, que persiste desde o início do trabalho de parto. O tipo de pelve que predispõe à posição occipital posterior persistente é a:

A
androide
B
antropoide
C
ginecoide
D
platipeloide
E
ginecoplatipeloide
A obstrução intestinal por cálculo biliar ocorre, mais frequentemente, no:
O tronco celíaco constitiu um importante ponto de referência na cirurgia abdominal. Fazem parte do tronco celíaco:
Mulher, 23 anos, vem pela manhã à Unidade de Saúde da Família para realizar o exame citopatológico de colo uterino. O médico observa que na sala de espera a paciente apresenta risos imotivados, tosse, letargia, conversa com todos os presentes, com fala lentificada, está comendo a segunda barra de chocolate. Durante a consulta, constata hiperemia conjuntival, taquicardia, xerostomia, midríase, temperatura de 35,4°C. Registros de prontuário anterior apontam um irmão esquizofrênico. Mantida para observação, apresentou franca normalização dos sinais vitais e comportamentais, bem como recuperação da crítica. Considerando síndromes correlatas ao uso de drogas como hipótese diagnóstica, o diagnóstico e conduta são:
Paciente do sexo masculino, 26 anos de idade, sem outras comorbidades, no pós-operatório tardio de cirurgia bariátrica, evolui com dor em mesogástrio tipo cólica, sem vômitos, com parada na eliminação de flatos e fezes. A conduta mais indicada deve ser:
Compartilhar