Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Mulher, 30 anos de idade, G3P2A0, com 40 semanas de gestação, progrediu no trabalho de parto de 6 cm para 7 cm de dilatação cervical em 2 horas. Ao toque: ODP em plano 0 de DeLee, que persiste desde o início do trabalho de parto. A variedade de posição descrita refere à:

A
apresentação córmica, situação transversa e posição direita
B
apresentação pélvica, situação longitudinal e posição esquerda
C
apresentação cefálica defletida de 1° grau, situação longitudinal e posição direita
D
apresentação cefálica fletida, situação longitudinal e posição direita
E
apresentação cefálica fletida, situação oblíqua e posição posterior
Pré–escolar de 3 anos, com diagnóstico de asma grave e pneumonia de repetição é encaminhado a centro de referência para imunobiológicos especiais, para vacinação complementar. Seu esquema de imunização básica está completo. As vacinas que deverão ser indicadas, de acordo com as normas do Ministério da Saúde, são:
Um recém-nascido a termo, com peso de nascimento de 2900 g, está em aleitamento materno exclusivo, no alojamento conjunto, aguardando a alta materna. No 3º dia de vida, seu peso é de 2600 g e apresenta icterícia até Zona IV de Kramer. O grupo sanguíneo do recém-nascido é O Rh negativo e a bilirrubina total é 17,0 mg/dl. A conduta mais adequada é:
Sobre a toracotomia na sala de emergência, assinale a afirmativa INCORRETA.
Recém-nascido de parto vaginal, período expulsivo prolongado, apresenta Apgar de 6 e 9, peso de 3.850g, comprimento de 50 cm, PC de 41 cm, PT de 34 cm. Tem boa evolução, e a única alteração observada no exame físico completo com 12 horas de vida é uma grande bossa serossanguínea. A conduta a ser tomada para este recém-nascido é:
Compartilhar