Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Infectologia

Mulher, 34 anos de idade, procedente do interior de Minas Gerais, procura ambulatório de clínica médica queixando-se de diarreia importante nos últimos 4 dias. Refere 8 a 10 evacuações por dia, com fezes líquidas e de cheiro forte. Nega sangue ou muco nas fezes. Tem antecedente de meningite tuberculosa há 3 anos. Abusa de drogas ilícitas e sabe ser portadora do HIV há 12 anos. Nunca fez tratamento regular com antirretrovirais. O exame físico mostra a paciente em regular estado geral, desidratada 2+/4 e com diminuição da força muscular difusamente. Na investigação da etiologia da diarreia, o exame mais apropriado é:

A
Aspirado gástrico para Mycobacterium avium.
B
Coprocultura para Isospora belli.
C
Parasitológico de fezes para Giardia lamblia.
D
Pesquisa direta para Cryptosporidium parvum.
O diagnóstico precose do câncer infantil está diretamente relacionado ao prognóstico do paciente. Logo, o alto nível de suspeição deve estar presente na consulta pediátrica afim de detectar determinados sinais e sintomas que promovam o reconhecimento mais rápido desta enfermidade. São sinais e sintomas que em conjunto alertam para o diagnóstico de câncer na criança ou adolescente, exceto:
Em pacientes com estômago cheio a serem submetidos a procedimento cirúrgico de urgência sob anestesia geral, utiliza-se a técnica de indução em sequência rápida. Qual dos seguintes passos é parte desta técnica?
O Triângulo de Hesselbach tem como limites superolateral, medial e inferior, respectivamente as seguintes estruturas anatômicas:
Que característica sela o diagnóstico de osteossarcoma?
Compartilhar