Questões na prática

Ortopedia

Mulher, 35 anos, escriturária, apresenta tumoração de 1,6cm na face dorsal da mão direita há 2 anos, que aumenta de volume com os esforços e, por vezes, involui com o repouso. O diagnóstico mais frequente para esta situação é:

A
tumor de células gigantes.
B
cisto epidérmico.
C
cisto mucoso.
D
lipoma.
E
cisto sinovial.
São exemplos de infecções potencialmente transmissíveis da gestante para o seu concepto (feto ou recém-nascido) para as quais existem evidências de benefícios de triagem no pré-natal:
Paciente de 42 anos, sexo masculino, procedente da área rural de Niquelândia, há 30 dias apresentava, no tornozelo direito, uma lesão ulcerada, medindo 5 cm de diâmetro. A intradermorreação de Montenegro era negativa. Nesse caso:
Mulher, 35 anos, escriturária, apresenta tumoração de 1,6cm na face dorsal da mão direita há 2 anos, que aumenta de volume com os esforços e, por vezes, involui com o repouso. O diagnóstico mais frequente para esta situação é:
Em relação ao carcinoma epidermoide de esôfago, são apresentadas as afirmativas abaixo. I. Neoplasias prévias de trato respiratório e digestivo são fatores de risco para este tipo de câncer. II. A presença de doenças esofágicas pré-existentes, como acalasia e estenose cáustica, aumenta o risco desta neoplasia. III. Os pacientes com diagnóstico de esôfago de Barrett devem ser acompanhados sistematicamente pelo risco aumentado para esta neoplasia. Qual é a alternativa correta?
Compartilhar