Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Mulher, 55 anos de idade, G0, assintomática, comparece à consulta em unidade básica de saúde. Informa durante consulta não ter antecedentes pessoais ou familiares de câncer. Ao exame clínico detalhado, não se detecta anormalidades. Neste caso a estratégia mais efetiva para se reduzir a mortalidade pelo câncer de mama é:

A
orientar a realização de mamografia independente de sintomas ou achados ao exame físico.
B
considerando a ausência de fatores de risco, o exame clínico pelo médico é adequado como forma de rastreamento e exames complementares são desnecessários.
C
a prevenção primária baseada em atividade física regular, evitar a ingestão alcoólica e evitar o uso de terapia hormonal, é mais eficiente do que estratégias de rastreamento.
D
o rastreamento neste caso é melhor realizado pela ultrassonografia das mamas, como em todas as mulheres que não tiveram gravidez.
Em relação aos beta-adrenérgicos inalatórios, assinale a alternativa correta.
Dentre os exemplos citados, escolha aquele que usualmente evolui com mononeuropatia múltipla e predileção pelo envolvimento do facial.
Paciente 55 anos, sexo masculino com quadro de diarreia secretória persistente associado com elevação dos níveis de cálcio sérico e úlcera péptica de difícil controle clínico. Nesta situação, devemos investigar, principalmente:
São manifestações comuns em glomerulonefrite proliferativa difusa, EXCETO:
Compartilhar