Questões na prática

Clínica Médica

Pneumologia

Hematologia

Mulher, 56 anos, assintomática até então, quando há sete dias apresentou confirmada trombose venosa profunda (TVP) de membro inferior direito. Antecedente de TVP no puerpério imediato da segunda gestação, aos 23 anos. Nega antecedentes familiares dignos de nota. Exame físico evidenciando edema ++/4+ bilateral de membros inferiores, assimétrico e mais acentuado à direita com sinal da bandeira e Homans positivo à direita. LABORATÓRIO: Creatinina = 0,9 mg/dL (0,6-1,2) e Ureia = 20 mg/dL (20-40) Exame de urina: Proteínas: ++/4+; Cetona e sangue ausente Sedimento urinário = Hemácias: 4 000/mL e Leucócitos: 2 000/mL Hemograma sem alterações dignas de nota. Baseado nas informações, assinale a alternativa correta, em relação ao seu primeiro passo diagnóstico, após a instituição da anticoagulação.

A
Dosagem de proteinúria em urina de 24 horas, albumina plasmática e perfil lipídico.
B
Pesquisa de trombofilia congênita por meio de dosagem de Antitrombina III e de proteína C e S.
C
Pesquisa de resistência à proteína C ativada, fator V de Leiden.
D
Pesquisa de doença mieloproliferativa e presença de anticorpo anti-fosfolípide.
E
Dosagem de fibrinogênio plasmático e Fator Inibidor do Plasminogênio.
Um homem de 20 anos, previamente saudável, apresenta-se para avaliação queixando-se de aumento indolor de volume na bolsa escrotal à direita. Ao exame físico, uma massa firme e indolor é encontrada na região. Em relação a esse caso, é INCORRETO afirmar:
Associe as incisões abdominais (coluna da esquerda) às patologias cirúrgicas (coluna da direita) para as quais são mais adequadas. 1- Incisão subcostal bilateral (Chevron); 2- Incisão pararretal interna (Lennander); 3- Incisão transversa suprapúbica (Pfannenstiel); 4- Incisão transversa parcial infraumbilical (Davis); 5- Incisão transversa supraumbilical (Sprengel). ( ) Colecistite aguda; ( ) Apendicite aguda; ( ) Miomatose uterina. A sequência numérica correta, de cima para baixo, da coluna da direita, é:
Paciente feminino, 23 anos, vai ao seu consultório com queixa de sangramento vivo durante a evacuação e saída de um “nódulo” pelo ânus durante o ato de defecar e que não retorna espontaneamente para o interior do canal anal, sendo necessário para tanto a ajuda manual da paciente. Com estas informações, corroboradas pelo exame físico, você diagnosticou hemorroidas de:
Paciente de 12 anos, com escoliose idiopática do adolescente, com radiografias mostrando curva torácica à D, com ângulo de Cobb de 30 graus. Apresenta grande potencial de crescimento, com sinal de Risser grau 1. O tratamento mais indicado é:
Compartilhar