Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Mulher, 61 anos, apresenta-se na emergência, com dor em fossa ilíaca esquerda, há 10 dias, associada a náuseas, vômitos e febre de 38,8º. Refere outros episódios semelhantes no passado, porém com menor intensidade. Ao exame físico, apresenta-se taquicárdica, hipotensa e abdome com irritação peritoneal difusa. A radiografia simples de abdome demonstra alças distendidas de intestino delgado, níveis hidroaéreos, sem evidência de ar no reto. A contagem leucocitária é de 26000/mm³ com desvio à esquerda (8% de bastonetes). A proposta terapêutica inicial para essa paciente é:

A
realização de sigmoidoscopia de urgência para melhor elucidação diagnóstica.
B
internação hospitalar, hidratação, sondagem nasogástrica e observação.
C
enema com contraste hidrossolúvel para avaliação diagnóstica de diverticulite ou neoplasia de cólon.
D
exploração cirúrgica de urgência.
São doenças passíveis de imunização, segundo o Programa Nacional de Imunizações (PNI):
Os mais importantes fatores prognósticos na Hemorragia Subaracnóide secundária à ruptura de aneurisma são:
São desvantagens da cirurgia videolaparoscópica, EXCETO:
Em relação a otite média aguda (CMA) na infância, o aspecto da membrana timpânica ao exame atoscópico que traduz maior sensibilidade e especificidade para o diagnóstico é:
Compartilhar