Questões na prática

Clínica Médica

Gastroenterologia

Mulher, 61 anos, apresenta-se na emergência, com dor em fossa ilíaca esquerda, há 10 dias, associada a náuseas, vômitos e febre de 38,8º. Refere outros episódios semelhantes no passado, porém com menor intensidade. Ao exame físico, apresenta-se taquicárdica, hipotensa e abdome com irritação peritoneal difusa. A radiografia simples de abdome demonstra alças distendidas de intestino delgado, níveis hidroaéreos, sem evidência de ar no reto. A contagem leucocitária é de 26000/mm³ com desvio à esquerda (8% de bastonetes). A proposta terapêutica inicial para essa paciente é:

A
realização de sigmoidoscopia de urgência para melhor elucidação diagnóstica.
B
internação hospitalar, hidratação, sondagem nasogástrica e observação.
C
enema com contraste hidrossolúvel para avaliação diagnóstica de diverticulite ou neoplasia de cólon.
D
exploração cirúrgica de urgência.
Mulher de 73 anos, em tratamento para neuralgia pós-herpética, demência do tipo Alzheimer, hipertensão arterial e diabetes, é internada por sonolência e confusão mental aguda, secundária a hiponatremia. O medicamento que provavelmente causou a hiponatremia foi:
Em relação às uveítes anteriores, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) Caracterizam-se pela inflamação preponderante do segmento anterior do olho; ( ) A iridociclite é o achado ocular mais comum nos pacientes com síndrome de Reiter, afetando, aproximadamente, 30 a 60% de todos os pacientes, sendo geralmente bilateral e autolimitada; ( ) Quando relacionada à infecção por sífilis, pode ser grave e não responsiva à medicação; ( ) Os achados oculares mais frequentes relacionados à tuberculose são: precipitados ceráticos granulomatosos e nódulos de íris. A sequência está correta:
No evento de crise convulsiva, por efeito tóxico dos anestésicos locais, o tratamento principal é a administração de:
Durante o acompanhamento da criança portadora de Síndrome de Down, deve-se observar a presença de malformações cardíacas, como por exemplo, CIA e CIV, assim como outras patologias que podem estar associadas a esta síndrome. Entre estas, assinale a alteração ortopédica mais frequente nestes pacientes:
Compartilhar