Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Mulher, 63 anos de idade, portadora de câncer uterino, relata perda de 7 kg do peso corporal nos últimos 2 meses. Previamente à internação, a sua dieta consistia de pão de milho, batata e cereais. Durante a internação, a ingestão de alimentos foi mínima e foi mantida com hidratação endovenosa. Ao exame físico: não possuía dentes; peso = 47 kg; altura = 150 cm. Submeteu-se a histerectomia e, cinco dias após, apresentou deiscência de sutura abdominal. Ao exame físico: perda significativa de cabelos, petéquias perifoliculares, principalmente nos membros inferiores, sangramento cutâneo nas áreas próximas às punções venosas e edema generalizado. Peso de 63 kg. Exames laboratoriais: albumina = 2 g/dl. O diagnóstico é:

A
Kwashiorkor e escorbuto.
B
Kwashiorkor e hipovitaminose K.
C
Marasmo e escorbuto.
D
Marasmo e hipovitaminose K.
Em relação à endometriose, é correto afirmar:
Durante o acompanhamento ambulatorial, o pediatra identificou que um paciente portador de displasia broncopulmonar apresentava ganho ponderal insuficiente nos primeiros meses de vida. O pediatra solicitou uma série de exames laboratoriais. Após ver os resultados, concluiu que o ganho ponderal insatisfatório era devido:
Dentre as opções abaixo, assinale a que representa uma cardiopatia congênita cianótica.
A teoria que melhor explica a fisiopatologia da Taquipnéia Transitória do RN é:
Compartilhar