Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Vascular

Mulher, 68 anos, diabética e hipertensa com quadro de hemiparesia a esquerda há 15 dias com reversão espontânea do quadro em menos de 24 h. Realizado exames complementares em caráter ambulatorial, e dentre eles uma angiorressonância, que evidenciou estenose de cerca de 90% da artéria carótida externa esquerda e calcificações com oclusão total da artéria carótida interna direita. Artérias carótidas comuns e interna esquerda com placas irregulares, mas sem alteração de velocidade de fluxo. Qual a melhor conduta para este caso?

A
Indicado endarterectomia ou angioplastia carotídea à esquerda.
B
Trombólise sistêmica seguida de anticoagulação plena.
C
Endarterectomia ou angioplastia carotídea à direita.
D
Antiagregação plaquetária e uso de estatinas.
Você está na sala de parto e acaba de recepcionar um recém-nascido a termo. Após o clampeamento do cordão umbilical, durante o primeiro minuto de vida, este bebê chora com vigor e suas mucosas tornam-se coradas, mas mantém o leito ungueal cianótico. Nesse momento, quais são as alterações cardiovasculares que estão ocorrendo nesse paciente?
Com relação às abordagens terapêuticas dos pacientes portadores de doenças hipofisárias, é INCORRETO afirmar:
Paciente de 10 anos após picada de inseto em face evoluiu após 24 horas com edema e vermelhidão em região de olho esquerdo. Ao exame físico edema e discreto eritema em pálpebra inferior esquerda, mobilidade ocular intrínseca e extrínseca normais, sem dor, visão preservadas e sem proptose. Identifique o diagnóstico e conduta mais adequada.
Na asma classi?cada como persistente moderada, o VEF1 encontra-se:
Compartilhar