Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Mulher, 73 anos de idade, com hipercolesterolemia, apresentou síncope de duração de 5 minutos em domicílio. Filha nega uso de medicações, exceto sinvastatina e colírio para glaucoma. Esteve no cardiologista há 3 meses, que não recomendou novas medidas. Foi trazida ao PA onde se apresenta confusa, com pulso radial de 36 bpm, com pausas à inspiração. TA: 120x60mmHg, FR: 20ipm. Mucosas coradas, sem sinais neurológicos de localização ou de irritação meníngea. Pulmões limpos. Ausculta cardíaca mostra bulhas arrítmicas à custa de pausas, que duram até 30 segundos, além de sopro sistólico suave em foco aórtico. A causa mais provável desse quadro é:

A
intoxicação medicamentosa
B
infarto agudo do miocárdio
C
hipertensão intracraniana
D
AVC hemorrágico
E
estenose aórtica
Em relação à dermatite atópica, assinale a INCORRETA.
A lombociatalgia que acomete a raiz de L5 apresenta o seguinte comprometimento motor e de reflexo:
Um paciente de quarenta anos de idade procurou atendimento médico queixando-se de sonolência diurna que, de acordo com o relato, estaria mais intensa nos últimos seis meses. O paciente relatou que, apesar de dormir cerca de oito horas por noite, tem acordado com a sensação de não estar de todo descansado. A esposa do paciente informou que ele ronca muito durante a noite e que, em alguns momentos, pára de respirar e acorda bruscamente. No exame físico, o paciente se apresentou sem alteração digna de nota. A respeito desse caso clínico, julgue o próximo item: A possibilidade de o paciente, nesse caso, apresentar hipertrofia de amígdalas e (ou) da adenoide deve ser investigada.
A causa mais importante de mortalidade no pós-operatório de cirurgia de aneurisma de aorta é:
Compartilhar