Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Mulher, 73 anos de idade, com hipercolesterolemia, apresentou síncope de duração de 5 minutos em domicílio. Filha nega uso de medicações, exceto sinvastatina e colírio para glaucoma. Esteve no cardiologista há 3 meses, que não recomendou novas medidas. Foi trazida ao PA onde se apresenta confusa, com pulso radial de 36 bpm, com pausas à inspiração. TA: 120x60mmHg, FR: 20ipm. Mucosas coradas, sem sinais neurológicos de localização ou de irritação meníngea. Pulmões limpos. Ausculta cardíaca mostra bulhas arrítmicas à custa de pausas, que duram até 30 segundos, além de sopro sistólico suave em foco aórtico. A causa mais provável desse quadro é:

A
intoxicação medicamentosa
B
infarto agudo do miocárdio
C
hipertensão intracraniana
D
AVC hemorrágico
E
estenose aórtica
Um adolescente de 16 anos vai ao médico por apresentar dor no ouvido direito de início há um dia, antecedida por febre (temp. 38,7°C), odinofagia e rinorreia hialina, há três dias. Ao exame, apresentava dor à manipulação do canal auditivo e abaulamento da membrana timpânica do ouvido direito. Em relação a este caso, é correto afirmar que:
Em relação ao abdome agudo na criança, analise as afirmativas abaixo: 1. A causa mais comum de abdome agudo obstrutivo no lactente é a invaginação intestinal. 2. No recém nascido, a forma mais comum de abdome agudo é o perfurativo devido à enterocolite necrotizante neonatal. 3. Na criança maior, o abdome agudo hemorrágico e o perfurativo são os mais frequentes em virtude dos acidentes automobilísticos e das quedas. 4. A principal causa de abdome agudo inflamatório na criança maior é a apendicite aguda. Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
No tratamento da crise asmática, as drogas com ação anti-inflamatória mais tardia e uma ação broncodilatadora mais precoce por promover aumento do número e na afinidade dos receptores beta agonistas são pertencentes ao grupo dos:
Recém-nascido a termo, filho de mãe com DHEG, nascido de parto cesárea com apgar de 8 e 9 e peso de nascimento de 1.790 gramas, é liberado ao alojamento conjunto logo após o nascimento, ativo, já tendo sugado ao seio. Com 14 horas de vida, apresenta-se hipoativo, hipotônico, com sucção débil e tremores. O provável diagnóstico é:
Compartilhar