Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Mulher branca, com 34 anos de idade, procura ambulatório do SUS com queixa de fraqueza e palidez há três meses, chegando a desmaiar por duas vezes, alterações do apetite e no sono. Ao exame físico, apresentava mucosas descoradas e edema de membros inferiores até os joelhos. Os exames laboratoriais revelaram anemia normocrômica mormocítica, série branca normal e plaquetas normais. A creatinina era 1,7 mg %, ureia de 78 mg%, T4 livre e TSH normais, eletroforese de proteínas plasmáticas com albumina baixa e pico monoclonal na região da gama globulina. A proteinúria de 24 horas apresentou grade de cadeias leves de imunoglobulinas do tipo Kappa. Na elucidação diagnóstica do caso é fundamental pedir:

A
tomografia computadorizada do abdome
B
provas reumatológicas
C
mielograma e biópsia renal
D
biópsia renal, com coloração pelo vermelho do congo
E
mielograma
Paciente 60 anos, tabagista, deu entrada no PS apresentando quadro de retenção urinária. Refere história de hematúria macroscópica há 1 dia. Qual a conduta inicial?
Um lacônico pedido de parecer, enviado por colega de outro hospital público, traz a você um comerciário de 29 anos. A razão do encaminhamento foi “aumento da AST (TGO)”. Não há história anterior de doença do fígado e, no hepatograma, a ALT (TGP) está normal. A origem desse aumento da AST deve ter, como primeira hipótese, vínculo com:
No tratamento conservador do queloide, está indicado:
Ainda sobre enxertos, qual das afirmações abaixo é correta?
Compartilhar