Questões na prática

Clínica Médica

Hematologia

Mulher branca, com 34 anos de idade, procura ambulatório do SUS com queixa de fraqueza e palidez há três meses, chegando a desmaiar por duas vezes, alterações do apetite e no sono. Ao exame físico, apresentava mucosas descoradas e edema de membros inferiores até os joelhos. Os exames laboratoriais revelaram anemia normocrômica mormocítica, série branca normal e plaquetas normais. A creatinina era 1,7 mg %, ureia de 78 mg%, T4 livre e TSH normais, eletroforese de proteínas plasmáticas com albumina baixa e pico monoclonal na região da gama globulina. A proteinúria de 24 horas apresentou grade de cadeias leves de imunoglobulinas do tipo Kappa. Na elucidação diagnóstica do caso é fundamental pedir:

A
tomografia computadorizada do abdome
B
provas reumatológicas
C
mielograma e biópsia renal
D
biópsia renal, com coloração pelo vermelho do congo
E
mielograma
Em relação à febre na criança, é INCORRETO afirmar:
Menino de 16 anos chega à emergência com história de cefaleia e congestão nasal há 5 dias. No dia do atendimento evoluiu com edema do olho direito, cefaleia frontal à direita e vômitos. O exame físico revela paciente letárgico, mas despertável, proptose do olho direito e congestão nasal. A nuca está livre e não há outra alteração no exame físico. O exame a ser realizado nesse caso será:
Na crise convulsiva febril benigna do lactente, o laudo esperado do exame tomográfico de crânio deve ser:
Com relação às doenças respiratórias e infecciosas, julgue o item a seguir. A perda auditiva induzida por ruído, causada por agentes como ruído industrial e produtos químicos, geralmente é bilateral, possui natureza neurossensorial e, uma vez instalada, é incurável.
Compartilhar