Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Mulher, com 30 anos de idade, há 2 meses apresenta quadro de palpitações, insônia, irritabilidade, aumento do número de evacuações e perda de peso. Ao exame físico: bom estado geral, descorada +/4+, tiroide aumentada 3 vezes, sem nódulo palpável. Tem hiperemia conjuntival, edema e retração de pálpebras. Ausculta cardíaca normal, frequência cardíaca de 116 bpm e PA 135 x 85 mmHg. Tremor de extremidades presente. Exames laboratoriais: TSH < 0,03 µm/l (VN: 0,5 a 4,5); t4 livre 4,2 ng/dl (VN: 0,7 a 1,5). Hemoglobina 11,2 g%, leucócitos 6200, plaquetas 180.000. Cintilografia de tireoide com captação difusamente aumentada. Qual a hipótese diagnóstica e a conduta neste momento?

A
Doença de Graves, radioterapia e betabloqueador.
B
Doença de Graves, metimazol e radioterapia.
C
Doença de Graves, metimazol e betabloqueador.
D
Bócio multinodular tóxico, metimazol e betabloqueador.
E
Bócio multinodular tóxico, radioterapia e betabloqueador.
No delirium tremens relacionado ao alcoolismo, os principais distúrbios sensoperceptivos apresentados pelos pacientes são:
A bupropiona é considerada um tipo de antidepressivo cujo principal mecanismo de ação é ser:
Os higromas císticos são mais comumente encontrados:
No tratamento das fístulas anais, pode-se afirmar que:
Compartilhar