Questões na prática

Clínica Médica

Endocrinologia

Cardiologia

Mulher com 51 anos de idade é internada devido a falta de ar, tosse e emagrecimento não quantificado, negando febre, dor torácica ou edemas. Há 7 anos mastectomia por Ca, fazendo quimio e radioterapia. Diabética e hipertensa há 12 anos usando IECA. Hipotireoidismo há 1 ano, em uso irregular de 25 mcg de Puran t4. Coração em RR de 3 tempos ( B4). V e FTV abolidos em 2/3 inferiores do hemitórax direito.PA: 110 x 70 mmHg deitada e após 3 minutos de pé; FR: 24 irpm; FC 66 bpm. Ecocardiograma com derrame pericárdico importante e leve disfunção sistólica de VE, sem outras anormalidades de monta. São hipóteses diagnósticas prováveis, EXCETO:

A
Tamponamento cardíaco.
B
Adenocarcinoma metastático.
C
Tuberculose.
D
Hipotireoidismo.
E
Hipoalbuminemia.
A síndrome nefrítica em um paciente é melhor caracterizada quando estiverem associados os seguintes achados clínicos:
São efeitos benéficos não contraceptivos do uso de contraceptivos orais no climatério, EXCETO:
Paciente idoso com 72 anos de idade, durante avaliação neuropsicológica, atinge 21 pontos no mini-exame do estado mental (de Folstein). Este resultado:
Sobre as neoplasias malignas de tireoide, é INCORRETO afirmar:
Compartilhar