Questões na prática

Clínica Médica

Nefrologia

Mulher com hérnia de disco em L4-L5 há 8 meses apresentou piora da lombalgia. O médico prescreveu-lhe anti-inflamatório não hormonal. Após 72 horas, a paciente apresentou-se em anasarca, temperatura de 37,9ºC, lesões urticariformes em membros e tronco, e urina escura e espumosa. Negou diabetes, hipertensão ou outras morbidades. Nos exames complementares, observou-se proteinúria de 4 g em 24h, 80 hemácias e 28 leucócitos por campo na análise de urina e creatinina plasmática de 2 mg%. À biópsia renal, não havia alterações glomerulares pela microscopia óptica. O diagnóstico provável é:

A
glomerulonefrite membranoproliferativa
B
glomeruloesclerose focal e segmentar
C
glomerulonefrite rapidamente progressiva
D
nefrite intersticial aguda
E
trombose da veia renal
Quanto ao teste tuberculínico na tuberculose é correto afirmar:
A hanseníase é uma doença infectocontagiosa, crônica, causada pelo bacilo de Hansen. No Brasil, apresenta alta endemicidade, com prevalência superior a 1:10.000 habitantes. Quanto à patogenia do bacilo de Hansen, assinale com [V] as assertivas verdadeiras e com [E] as assertivas erradas e escolha a alternativa que contém a sequência correta: [ ] I. Durante o processo de apresentação, as células apresentadoras de antígenos fagocitam, metabolizam e processam o Mycobacterium leprae, produzindo numerosos peptídeos que serão apresentados aos linfócitos. [ ] II. O macrófago, a mais importante célula efetora da resposta imune celular, tem suas funções ativadas por citocinas como a interleucina 1. [ ] III. 'In vivo', a avaliação da resposta imune celular ao Mycobacterium leprae é feita pela reação de Mitsuda. [ ] IV. Quando há predominância da imunidade celular, a hanseníase se desenvolve para o polo lepromatoso. [ ] V. Quando há depressão da imunidade celular, a hanseníase se desenvolve para o polo tuberculoide.
Em Campina Grande do Sul, um homem de 45 anos de idade foi atacado por um cão desconhecido. O paciente sofreu diversas lesões no rosto e no pescoço, profundas e lacerantes. O animal evadiu-se, não sendo encontrado. O paciente relatou que no ano passado foi picado por uma jararaca e recebeu soro anti-botrópico, tendo apresentado uma hora após a aplicação, formigamento nos lábios, palidez, dispneia, edemas, exantemas e hipotensão, foi atendido prontamente. Na presente situação, no caso de você decidir pela imunização contra o vírus da raiva, qual o procedimento que você indicaria?
A infecção causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi acomete 16 a 18 milhões de pessoas em todo o mundo. Divide-se em fase aguda, fase latente e fase crônica. Quanto aos exames complementares da fase aguda é correto afirmar:
Compartilhar