Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Mulher de 20 anos com história de amenorreia de 7 semanas, bHCG 400 m UI na 5ª semana, deu entrada na maternidade do HUGG com quadro de perda sanguinea vaginal de pequena monta associada a dor em baixo ventre. Foi solicitado ultrassom transvaginal que mostrou endométrio espesso com cerca de 12 mm associado a presença de material amorfo em anexo direito com cerca de 20 mm apresentando intenso fluxo sanguineo ao Doppler. Na internação o bHCG sanguineo foi 300 m UI. Seu diagnóstico provável e conduta mais apropriada:

A
Abortamento retido/ AMIU.
B
Prenhez ectópica/ Laparotomia.
C
Prenhez ectópica/ Metrotexate.
D
Abortamento retido/ curetagem uterina.
E
Doença trofoblástica/ AMIU.
Paciente de 26 anos, sem patologias prévias, admitido na emergência por politraumatismo após acidente automobilístico é estabilizado e transferido para a Unidade de Terapia Intensiva. Tomografia contrastada realizada nas primeiras 6 horas de internamento mostrou fratura de base de crânio e discreto hematoma subdural. No terceiro dia, observa-se a seguinte curva de creatinina: dia 1 = 0,7/dia 2 = 3,3/dia 3 = 8,1. Com base nesses dados, qual a principal hipótese para a insuficiência renal aguda deste paciente?
Gestante obesa e sedentária está na 16ª semana. Apresenta ganho excessivo de peso, com antecedente de macrossomia e diabete em gestações anteriores. A prática de exercício físico, neste caso, é: I. indicada para favorecer o adequado metabolismo materno. II. contra-indicada pelo risco gestacional. III. indicada para prevenir o crescimento fetal exagerado. IV. contra-indicada pelo sedentarismo e pela idade gestacional. Está correto o contido apenas em:
A classificação de Hinchey tem grande importância no estabelecimento do grau de evolução da diverticulite de colo, uma vez que tem correlação direta com a conduta a ser tomada. Assinale a alternativa incorreta.
Sobre a angiodisplasia do I. Grosso, é correto afirmar, exceto:
Compartilhar