Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Mulher de 20 anos com história de amenorreia de 7 semanas, bHCG 400 m UI na 5ª semana, deu entrada na maternidade do HUGG com quadro de perda sanguinea vaginal de pequena monta associada a dor em baixo ventre. Foi solicitado ultrassom transvaginal que mostrou endométrio espesso com cerca de 12 mm associado a presença de material amorfo em anexo direito com cerca de 20 mm apresentando intenso fluxo sanguineo ao Doppler. Na internação o bHCG sanguineo foi 300 m UI. Seu diagnóstico provável e conduta mais apropriada:

A
Abortamento retido/ AMIU.
B
Prenhez ectópica/ Laparotomia.
C
Prenhez ectópica/ Metrotexate.
D
Abortamento retido/ curetagem uterina.
E
Doença trofoblástica/ AMIU.
A partir de 2002 a organização mundial da saúde vem recomendando uma solução que, comparada com a solução de reidratação oral tradicionalmente utilizada desde a década de 1980, apresenta:
O tratamento da asma no período intercrise em crianças portadoras de asma persistente leve é:
As seguintes substâncias psicóticas são consideradas estimulantes do Sistema Nervoso Central:
RN pós-termo, nasce deprimido necessitando manobras de reanimação neonatal devido presença de líquido meconial espesso; evoluiu com necessidade de ventilação mecânica e internação em UTI Neonatal. Dentre as complicações mais comuns que podem ocorrer na Síndrome de aspiração meconial, assinale a correta:
Compartilhar