Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Obstetrícia

Mulher de 22 anos, primigesta, grávida de 31 semanas pela DUM, sem acompanhamento pré-natal, chega ao hospital com queixa de cefaleia, dor abdominal e turvação visual. Nega antecedente de hipertensão arterial. Apresenta PA = 160x110 mmHg, altura uterina de 28cm, BCF = 155bpm, sem contrações uterinas, edema ++/++++ de membros inferiores. Qual deve ser a conduta?

A
Medicar com sulfato de magnésio e hidralazina.
B
Administrar alfa-metildopa em dose crescente até normalização dos níveis pressóricos.
C
Antecipação do parto e em seguida administrar anti-hipertensivos potentes.
D
Repouso em decúbito lateral esquerdo, medicar com hidralazina e monitorização fetal.
E
Administrar alfa-metildopa, manter repouso no leito e restrição de sal.
Paciente de 35 anos, gesta 2, para 1; uma cesárea anterior por feto hidrópico, sangue Rh negativo; Coombs indireto 1/64 com idade gestacional de 24 semanas. Qual a melhor conduta?
Um paciente de 70 anos de idade, com insuficiência hepática compensada, pesando 65 kg, foi operado de uma hérnia inguinal, sob anestesia local. O anestésico disponível é a lidocaína 2% com vasoconstritor. O paciente é monitorizado e recebe 5 mg de midrazolan para sedação. O cirurgião infiltra a região inguinal usando 20 ml do anestésico e, 5 minutos após, o paciente apresenta tremores musculares, náuseas, hipotensão, bradicardia e torna-se confuso. A provável causa desta situação é?
Paciente com 47 anos de idade com hemorragia digestiva alta realiza endoscopia digestiva que evidencia uma lesão ulcerada de 2cm de extensão localizado no antro gástrico compatível com Bormann III, cujo anatomopatológico revela tratar-se de um adenocarcinoma gástrico tubular moderadamente diferenciado. Qual a melhor opção de tratamento?
Mãe leva Tiago, de 4 semanas de vida, ao pediatra com relato de que o mesmo vem apresentando vômitos amarelados constantes cada vez mais frequentes e que os últimos vômitos têm apresentado sangramento. Observou diminuição do volume de fezes. Ao exame, criança com baixo peso, desidratada e prostrada. À palpação abdominal, observa-se massa semelhante a uma azeitona no quadrante superior esquerdo. Qual o distúrbio metabólico mais comumente pode ser encontrado nesta situação?
Compartilhar