Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Mulher de 22 anos realiza exame citopatológico de rotina e o resultado no laudo é de lesão epitelial de baixo grau. Qual a conduta mais correta?

A
Abstinência sexual até a finalização da investigação diagnóstica.
B
Colposcopia e biópsia para confirmação do diagnóstico, pois o anatomopatolágico é o exame padrão-ouro.
C
Tranquiliza a paciente e a oriente a realizar novo exame em período de quatro a seis meses, pois na maioria dos casos há regressão espontânea.
D
Sugere estudo de captura híbrida de HPV, pois na quase totalidade dos casos o vírus do papiloma humano é o agente responsável pela lesão.
E
Orienta que lesões de baixo grau são precursoras do carcinoma de colo, e deve iniciar tratamento imediatamente.
Mulher, 66 anos, sabidamente diabética tipo 2 há mais de 10 anos, sem controle satisfatório, hipertensa em uso irregular de anti-hipertensivos, tabagista 30 anos/maço, assintomática, comparece à consulta para avaliação clínica de rotina. Ao exame físico, IMC: 40 kg/m², PA: 212x114 mmHG, FC: 99 bpm. Ausculta cardíaca: Bulhas cardíacas sem sopros. Ausculta respiratória: MV presente sem RA. Abdome e extremidades sem alterações. O eletrocardiograma revela hipertrofia ventricular esquerda. Nesse caso, quais as metas preconizadas para glicemia de jejum, HDL, LDL, triglicérides e PA?
A vacina contra rotavírus, recentemente inserida no calendário do Programa Nacional de Imunizações, é administrada ao lactente da seguinte forma:
Nos pacientes politraumatizados, que se apresentam na sala de emergência com hipotensão arterial sistêmica (PAS < 90 mmHg), qual o acesso venoso que deve ser implementado para garantir adequada reposição volêmica?
Um adulto jovem com Hb = 10,9 g/dl, VCM = 75 fl, HbA1 = 91%, HbA2 = 5% e HbF = 4% deve receber:
Compartilhar