Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Mulher de 23 anos, com vida sexual ativa, faz uso de pílula anticoncepcional como método contraceptivo. Sem parceiro sexual fixo, informa que pede ao parceiro que utilize preservativo nas relações, mas nem sempre é atendida. Apresenta lesão vulvar verrucosa, com aspecto de couve-flor na fúrcula, medindo cerca de 4 mm de diâmetro e outra, imediatamente ao lado, com as mesmas características e com 2 mm de diâmetro. À vulvoscopia após aplicação de ácido acético a 5%, as lesões se mostram acetorreagentes. Colposcopia e vaginoscopia normais. A biópsia da lesão vulvar maior revelou eixo vascular conjuntivo recoberto por epitélio com coilocitose, acantose, hiperqueratose e papilomatose, sem atipias nucleares na camada basal do epitélio. É correto afirmar que:

Em relação ao comportamento biológico da infecção pelo HPV, é errrado afirmar que:
A respeito da estenose hipertrófica do piloro, é correto afirmar:
Paciente do sexo feminino com 43 anos de idade apresenta dor no quadrante superior direito do abdome há dias, acompanhada de náuseas, vômitos, calafrios, febre e sinal de Murphy positivo. Assinale o diagnóstico mais provável, bem como o método preferencial de diagnóstico por imagem a ser utilizado.
Homem de 35 anos procura seu clínico por quadro, iniciado três meses antes, de febre baixa vespertina, tosse seca, anorexia, perda ponderal e sudorese noturna. Seu exame físico revela presença de crepitações bibasais, sem broncoespasmo. Os exames laboratoriais mostram presença de eosinofilia (1.000 cel/mm³), com exame parasitológico de fezes e dosagem sérica de imunoglobulinas normais. A radiografia de tórax revela presença de infiltrado pulmonar periférico bilateral. Frente aos dados acima, a melhor opção terapêutica para o caso é prescrever:
Compartilhar