Questões na prática

Pediatria

Neonatologia

Mulher de 29 anos apresenta-se em trabalho de parto após gestação de 39 semanas. Foi diagnosticada durante o 2º trimestre da gestação como tendo diabetes gestacional e tratada com dieta. O exame ultrassonográfico mostrou um feto com peso de 4000g não se identificou nenhuma anomalia congênita. Após um parto prolongado, caracterizado pela falta de descida da cabeça, foi diagnosticada desproporção cefalopélvica e feita a intervenção cirúrgica (cesariana). Nasceu um neonato pletórico, com peso de 4000g. Constatou-se que o neonato exibia esforços respiratórios irregulares e uma frequência cardíaca de 100 bpm logo após nascimento. O índice de Apgar no 1º minuto foi de 05; o pH do cordão umbilical foi de 7.10. Este neonato está em risco dos eventos abaixo, exceto:

A
Hemorragia intracraniana.
B
Hipoglicemia.
C
Hiperviscosidade.
D
Hiperbilirrubinemia.
E
Doença de membrana hialina.
Recém-nascido a termo , de mãe primípara, sem intercorrências no pré-natal e no parto, com 6 horas de vida, está tendo dificuldade com a amamentação. Criança não urinou nem evacuou. Ao exame, o único sinal observado foi icterícia em face e parte superior do tronco. O diagnóstico provável e a conduta são:
Criança, 5 anos de idade, há 1 semana apresenta palidez cutaneomucosa, hiporexia, fraqueza, equimoses e petéquias. Ao exame REG, palidez cutaneomucosa (++/++++) e adenopatia generalizada. Pele: presença de equimoses e petéquias em tronco e membros, FR = 24 ipm. FC = 120 bpm. Presença de sopro sistólico (+/+6). Fígado palpável a 3 cm do RCD e baço palpável a 4 cm do RCE. Hemograma: Hb = 7,5 g/dl, GB = 1000/dl, Plaquetas = 18.000/dl. Mielograma: relação L:E 8:1, com medula óssea tomada por blastos. Imunofenotipagem mostrou: positividade para CD19, e CD20 e CD10, sendo negativa para CD33, slg, cCD3 e CD7. RT-PCR mostrou presença de t(12;21). Com base no exposto, acima o diagnóstico é:
Menina, 5 anos de idade, com edema em joelho direito há 3 meses. Exame físico: aumento de volume, discreta dor à movimentação do joelho direito e atrofia da musculatura adjacente da coxa direita. O restante do exame é normal. Diante disso, é correto afirmar que:
A contracepção de emergência:
Compartilhar