Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Mulher de 30 anos apresenta histerossalpingografia com dilatação de ambas as tubas. Refere ter tido duas internações por doença inflamatória pélvica (DIP). Os agentes mais comuns encontrados nesta afecção são:

A
Enterococcus faecalis e Mycoplasma hominis.
B
Trichomonas vaginalis e Mycoplasma hominis.
C
Chlamydia trachomatis e Neisseria gonorrhoeae.
D
Streptococcus pyogenes e Gardnerella vaginalis.
Considerando as afecções cirúrgicas, relacione a COLUNA II com a COLUNA I, associando a doença a seu respectivo tratamento. COLUNA I: 1. Lábio leporino; 2. Hérnia inguinal; 3. Hidrocele; 4. Epispádia. COLUNA II: ( ) Operada logo após o diagnóstico; ( ) Operada após um ano de idade; ( ) Operada por volta dos 3 anos de idade; ( ) Operada por volta do 3° mês de vida. Assinale a sequência CORRETA.
Paciente, 18 anos, sexo masculino, procura atendimento médico pois há 48 horas iniciou com quadro de dor discreta em região epigástrica acompanhado de enjoo. Há 24 horas refere dor localizada em fossa ilíaca direita seguido de um episódio de vômito e um pico febril de 38,5 graus. No exame físico, apresentava dor à palpação da fossa ilíaca direita com descompressão brusca dolorosa. Apresentava ainda sinal de Rovsing positivo. Nos exames laboratoriais foi evidenciado leucocitose de 18.000/ml e leucocitúria discreta. Sobre o caso descrito, qual a alternativa correta?
Lactente de 5 meses é admitido no Pronto Atendimento com quadro de dor abdominal em cólica há 12 horas. Associado, apresentou 2 episódios de vômitos de conteúdo alimentar, fezes diarreicas e um episódio de evacuação com aspecto de "geléia de morango" (muco e sangue). No exame físico apresentava adbome levemente distendido, depressível à palpação com FID "vazia" e massa palpável em região epigástrica. Qual a principal hipótese diagnóstica e exame de escolha para confirmação?
Hérnia que tem como conteúdo o Divertículo de Meckel é denominada:
Compartilhar