Questões na prática

Ginecologia e Obstetrícia

Ginecologia

Mulher de 31 anos queixa-se de que no período de 7 a 10 dias antes de menstruar apresenta labilidade afetiva e irritabilidade intensa, levando a conflitos familiares e profissionais. Refere também humor depressivo com sensação de desolação, ansiedade marcante e sensação constante de cansaço, além de edema mamário (leve) e mastalgia neste período, isso ocorre na maioria dos ciclos menstruais e melhora logo após o início do fluxo menstrual. Pode-se afirmar que:

A
é provável tratar-se de uma depressão endógena que se exacerba no período pré-menstrual.
B
diurético tiazídico em baixa dose apresenta excelente indicação para a terapêutica deste caso.
C
essa paciente não necessita de tratamento específico, pois é uma situação comum à maioria das mulheres.
D
o uso de inibidor da recaptação da serotonina estaria bem indicado neste caso.
E
o uso de benzodiazepínicos ou da buspirona poucos dias antes da menstruação está contraindicado devido ao risco de dependência.
Paciente de 49 anos, sexo masculino, diabético há 5 anos e em uso de metformina. Sem outras alterações relevantes. Após repetidas medições, foi constatada hipertensão arterial sistêmica com PA = 150 x 85 mmHg. Exames de sangue e urina foram normais. Dos itens abaixo, selecione o que contém a medicação mais apropriada para este caso.
Em condições normais, a função de marcapasso do coração reside no nó sinoatrial, localizado na junção do átrio direito com a veia cava superior. A disfunção do nó sinoatrial é encontrada, com frequência, em:
Com respeito à síndrome metabólica, pode-se afirmar que:
Conforme a Classificação Internacional das Cefaleias, fazem parte dos critérios diagnósticos de cefaleia em salvas sem tratamento e na ausência de outro transtorno atribuível os seguintes:
Compartilhar