Questões na prática

Clínica Médica

Hepatologia

Mulher de 50 anos com dor epigástrica aguda e, depois, mantida na localização de Hipocôndrio Direito (HCD) e irradiação para região toracolombar D há dois dias; alguns episódios de vômitos biliosos; sem febre. Ao exame físico: bom estado geral; IMC - 30; corada; anictérica; afebril; abdome levemente globoso por obesidade, defesa no HCD, DB negativo e sem visceromegalias. Ultrassonografia de abdome superior revelou: vesícula biliar com parede espessa e delaminada, e um cálculo de 1,5 cm fixo no infundíbulo; hepatocolédoco com 4 mm. Sem comorbidades. O local do atendimento é um hospital com boas condições de equipamentos e recursos humanos. A conduta mais adequada, nessas circunstâncias, seria:

A
Internação hospitalar para tratamento clínico com antibiótico, para esfriar o processo”;
B
Tratamento domiciliar;
C
Indicação emergencial de colecistectomia por laparotomia;
D
Tratamento endoscópico;
E
Indicação de colecistectomia videolaparoscópica.
A afirmação CORRETA em relação às queimaduras, que constituem um dos acidentes mais frequentes em pediatria, é:
A angina de Prinzmetal caracteriza-se:
São formas de miopatia, EXCETO:
Kerlianne, 3 anos, afrodescendente, mora em uma favela. As condições sanitárias de sua residência são bastante precárias. Recentemente, apresentou quadro abrupto de diarreia líquida, seguida de febre elevada, cefaleia, acentuada palidez cutâneo-mucosa e sinais flogísticos em membro inferior direito, caracterizando uma osteomielite. Qual a provável etiologia do quadro diarreico? Que outra patologia de base poderia estar associada? Por favor, marque a opção que, provavelmente, envolve a etiologia da diarreia e a doença de base da garota?
Compartilhar