Questões na prática

Clínica Médica

Cardiologia

Nefrologia

Mulher de 54 anos é avaliada por uma creatinina de 1,3 mg/dL. Há 18 meses este valor era de 0,9 mg/dL. Ela tem uma história de diabetes mellitus há 05 anos, dislipidemia e hipertensão arterial sistêmica bem controlada com Lisinopril, hidroclorotiazida e atenolol. Usa também glipizida e sinvastatina. Laboratório revela níveis de hemoglobina normais. Assinale o exame relacionado abaixo mais adequado para o estabelecimento do diagnóstico deste paciente:

A
Proteinúria de 24 horas.
B
Ultrassonografia renal.
C
Microalbuminúria urinária.
D
Eletroforese de proteínas séricas.
E
Medida da hemoglobina glicada.
Miguel, 13 anos, obeso do tipo adiposo-genital apresenta dor em joelho D há 3 meses com claudicação associada. Relata piora aos esforços, principalmente ao caminhar e correr. A dor passou recentemente a acometer o quadril D, surgindo rotação externa e encurtamento do MID. Qual a PRINCIPAL hipótese diagnóstica ?
Paciente relata que estava passeando pela praia quando iniciou, subitamente, lacrimejamento e dor em olho esquerdo por corpo estranho (areia). Ao ser atendido em uma unidade de atenção primária, o médico avalia que há hiperemia conjuntival e ausência de secreção purulenta. A conduta mais apropriada, nesse caso, é:
Lactente de nove meses é sacudido violentamente por seu pai, porque "estava chorando muito e não deixava ninguém dormir". A expressão clínica mais provável nesta categoria de maus-tratos é:
SJM, masculino, três anos de idade, com história de quadro viral leve há 7 dias. Nos últimos dois dias, vem apresentando dor em região coxofemoral direta e claudicação. Ao exame físico, apresenta febre baixa e limitação de movimentos. Apresenta hemograma com leucocitose discreta e VHS = 18 mm. Qual o provável disgnóstico e o tratamente para esta criança?
Compartilhar