Questões na prática

Cirurgia

Cirurgia Geral

Cirurgia do Aparelho Digestivo

Mulher de 54 anos, fumante, diabética, hipertensa, em uso de valsartana/hidroclorotiazida 160/12,5 mg, fazendo dieta hipossódica com restrição de açúcar e portadora de colelitíase, necessita de colecistectomia laparoscópica. BEG, PA: 125/80, FC: 80 bat./min, rítmico. Glicemia 95 mg e sem alterações de Na e K. RX tórax: nl. Sua classificação de risco anestésico (A.S.A.) é:

A
ASA 1.
B
ASA 2.
C
ASA 3.
D
ASA 4.
E
ASA 5.
Com relação à profilaxia cirúrgica com antibióticos, considere as assertivas abaixo: I- No momento da incisão cirúrgica, deve, obrigatoriamente, haver concentrações teciduais bactericidas do antibiótico. II- A manutenção do antibiótico profilático no pós-operatório é necessária para que se obtenham maiores benefícios III- O uso de antibióticos em cesarianas deve obdecer às indicações gerais da profilaxia cirúrgica Quais são corretas?
Homem de 65 anos foi internado para avaliação de disfagia progressiva. A endoscopia digestiva revelou lesão vegetante no terço médio do esôfago, e o exame anatomopatológico da lesão, carcinoma epidermoide de esôfago. Exames de imagem e de medicina nuclear não mostraram metástases à distância. A dosagem de cálcio sérico foi de 12mg/dl (VR: 8,4 - 10,5 mg/dl). Qual a causa mais provável para a alteração deste resultado laboratorial?
Considere as assertivas abaixo sobre hipercalcemia associada a câncer. I - É uma síndrome paraneoplásica rara; II - O manejo foi facilitado com a introdução dos bisfosfonados; III - Pacientes sintomáticos ou com cálcio sérico acima de 13 mg/dl necessitam de intervenção terapêutica agressiva e imediata. Quais são as corretas?
Os achados de gasometria de paciente que se encontra na emergência são os seguintes: pH de 7,46, HCO3 de 35mEq/l, PCO2 de 46mmHg e PO2 de 95 mmHg. Estes resultados são compatíveis apenas com:
Compartilhar