Questões na prática

Clínica Médica

Ginecologia e Obstetrícia

Infectologia

Mulher de 55 anos, diabética há 20 anos, consultou nefrologista com queixas de disúria, polaciúria e noctúria. Referiu que desde a menopausa, aos 48 anos, vem apresentando 3 a 4 episódios semelhantes a cada ano. Os germes isolados nessas ocasiões foram Escherichia coli, Proteus SP e Enterobacter sp. Relatou também episódios intermitentes, nos últimos meses, de náuseas, vômitos, dificuldade de esvaziar a bexiga e diarreia (principalmente à noite). Este caso pode ser classificado, segundo o tipo de infecção urinária, como:

A
cistite não complicada, sintomática e recorrente, com reinfecções
B
cistite complicada, sintomática e recorrente, com reinfecções
C
cistite complicada, sintomática e recorrente com recidivas
D
pielonefrite não complicada, sintomática e recorrente com reinfecções
E
pielonefrite complicada, sintomática e esporádica, com recidivas
Raimundo Pereira, paciente do ambulatório de cardiologia, tem a fração de ejeção do ventrículo igual a 25% (N>55%) e hipocinese difusa. Seu estilo de vida é sedentário. Alimenta­se regularmente com carne vermelha mais de 6 vezes por semana e bebe bebida alcoólica diariamente 4 vezes. Sua altura é 1.85cm, peso 86 kg, IMC 25kg/m2. Sua pressão é 90/60mmHg. Arteriografia coronariana normal. Qual das recomendações abaixo é a mais importante para este paciente?
Mulher de 25 anos, com abortamento de repetição, é portadora de malformação Mulleriana do tipo útero bicorno. Quanto à origem etiopatogênica, o defeito é:
Cícero, 50 anos, foi internado com história de edema generalizado há 4 meses. Negava dispnéia ou icterícia. Vinha trabalhando normalmente. Ao exame físico, demonstrava anasarca, corado, anictérico, PA=130/80 mmHg, FC=84 bpm. Sem sinais de congestão pulmonar ou de insuficiência cardíaca. No dia 4 de internação apresentou forte dor em hemitórax direito acompanhada de dipneia, cianose, PA=90/70 mmHg e FC=120 bpm. O Rx de tórax estava normal. As condutas para o esclarecimento diagnóstico do evento agudo e da doença de base são respectivamente:
DBPOC se caracteriza por:
Compartilhar